Sô no dialeto mineiro: investigando a implementação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35499/tl.v13i3.7737

Resumo

A forma nominal de tratamento senhor, como vocativo, realiza-se também como sô no dialeto mineiro.  Neste artigo, pretendemos investigar a implementação de sô a partir de estudos recentes sobre o tratamento senhor e suas diferentes realizações (RAMOS, 2000, 2011; MOURA E RAMOS, 2004; ALKMIM E MOREIRA, 2013) e sobre vocativos (MOREIRA, 2005, 2008), além de pressupostos teóricos-metodológicos sobre mudança linguística (WEIREICH, LABOV & HERZOG, 1968). Neste artigo propomos continuar a investigação do percurso do item sô. Partimos da hipótese de Moreira & Alkmim (2013, p.87) de que a posição à direita da oração é favorável à redução da forma senhor, como vocativo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-12-10

Como Citar

MOREIRA, J. C. Sô no dialeto mineiro: investigando a implementação. Tabuleiro de Letras, [S. l.], v. 13, n. 3, p. 241–258, 2019. DOI: 10.35499/tl.v13i3.7737. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/tabuleirodeletras/article/view/7737. Acesso em: 28 fev. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS