A variação linguística em provas de vestibular da UECE: uma breve análise de questões de língua portuguesa

Palavras-chave: Vestibular da UECE, Variação linguística, PCN.

Resumo

Esta pesquisa de natureza quantitativa e descritiva investiga a presença do fenômeno da variação linguística em provas da primeira e segunda fase do vestibular da Universidade Estadual do Ceará (UECE) no período de 2009.2 a 2019.1, com o objetivo de verificar se as recomendações dos PCN de linguagens e códigos, quanto à presença do fenômeno da variação e mudança linguística, vêm sendo observadas pela banca organizadora do certame. Para esse estudo, selecionamos questões de língua portuguesa que abordam o fenômeno da variação, dividindo-as em dois grupos – questões categóricas e questões superficiais – para formar um corpus significativo, do qual extraímos, após acurada análise, os resultados estatísticos que nos permitem afirmar que, em um universo de 670 questões, o fenômeno ainda é pouco contemplado, fato que nos levou à conclusão de que as diretrizes dos PCN de língua portuguesa não vêm sendo seguidas pela banca examinadora que elabora o vestibular da UECE.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinicius da Silva Vieira, UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ (UECE)

Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Centro de Humanidades (CH)

Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada (POSLA)

Mestrando

Cassio Murilio Alves de Lavor, UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ (UECE)

Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Centro de Humanidades (CH)

Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada (POSLA)

Mestre

Aluiza Alves de Araújo, UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ (UECE)

Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Centro de Humanidades (CH)

Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada (POSLA)

Professora Doutora (Efetiva do Curso de Letras e do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada)

Publicado
2019-12-26
Métricas
  • Visualizações do Artigo 368
  • PDF downloads: 445
Seção
ARTIGOS