Núcleos funcionais da sentença e categorias verbais: a interface sintaxe-semântica da linguagem

  • Paulo Pereira Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura (PPGLinC) - UFBA
Palavras-chave: Núcleos funcionais da sentença, Categorias do verbo, Hierarquia Linear Universal, GU, Interface sintaxe-semântica.

Resumo

Neste artigo, intenciona-se demonstrar a estreita correlação que há entre os núcleos funcionais da
sentença das línguas naturais e as categorias verbais de Tempo, Aspecto, Modo/Modalidade, Número e
Voz, seguindo a tese da Hierarquia Linear Universal (HLU) proposta por Cinque (1999). Para tanto,
nosso texto está dividido nas seguintes partes: (i) faz-se uma revisão teórica acerca das categorias do
verbo; (ii) apresentam-se os núcleos funcionais da sentença, segundo a proposta da HLU; (iii) realiza-se
um breve comentário sobre a correlação que subjaz a tese da HLU de Cinque, demonstrando quais
núcleos funcionais correspondem a quais categorias verbais. Por fim, ressalta-se a importância de se
estudar as projeções funcionais sentenciais, com vistas a levar em consideração dentro dos estudos
sintáticos questões pragmáticas/semânticas, numa abordagem da interface sintaxe-semântica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Pereira, Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura (PPGLinC) - UFBA

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura (PPGLinC), mestre em Letras e
Linguística (Sintaxe Gerativa) pelo PPGLL do Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia
(UFBA) e bolsista pesquisador da CAPES. Também, Bacharel e Licenciado em Letras Vernáculas pela
UFBA. E-mails de contato: paulorpereiras@gmail.com ou paulorps@ufba.br.

Publicado
2013-12-29
Métricas
  • Visualizações do Artigo 155
  • PDF downloads: 401
Edição
Seção
SEÇÃO LIVRE