O discurso de fotografias jornalísticas sobre a ocupação de favelas cariocas pela Polícia Militar: leituras e sentidos possíveis

  • Janaina Dias Barcelos Universidade Federal de São João del-Rei - UFSJ
Palavras-chave: Discurso, Fotografia jornalística, Favela

Resumo

Neste trabalho, estudamos o discurso de imagens fotográficas da imprensa sobre favelas do Rio de Janeiro, compreendidas como textos que carregam vários sentidos. Buscamos entender como a imagem desses lugares é apresentada a partir do discurso que essas fotos engendram. Para nossa análise, selecionamos três fotos, publicadas no jornal O Globo, em 29 de abril de 2013. Nossa abordagem considera a análise da linguagem fotográfica, da intericonicidade e dos imaginários sociodiscursivos. Esses três elementos, verificados e relacionados, podem nos ajudar a ver qual tipo de olhar sobre a favela é produzido discursivamente. Percebemos que a escolha dos planos e dos ângulos fotográficos, assim como as relações de intericonicidade que observamos nas imagens analisadas, conduzem aos imagináiros de liberdade, segurança e proteção que, por sua vez, colaboram para produzir sentidos ligados à retomada do poder pelo Estado diante da dominação do tráfico de drogas nas favelas do Rio de Janeiro. A partir dessa análise, encontramos sentidos relacionados à trilogia homem, Estado e Deus.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Janaina Dias Barcelos, Universidade Federal de São João del-Rei - UFSJ
Doutora em Estudos Linguísticos – Análise do Discurso pela UFMG, mestre em Comunicação e Jornalismo pela Universidade de Coimbra, jornalista graduada pela UFMG, professora temporária na UFSJ.
Publicado
2016-07-19
Métricas
  • Visualizações do Artigo 226
  • PDF downloads: 229
Seção
EXPEDIENTE