Os usos iniciais das primeiras palavras

  • Cláudia Tereza Sobrinho da Silva UFBA

Resumo

O presente artigo apresenta algumas reflexões sobre o processo inicial de aquisição da língua materna, mais especificamente o desenvolvimento lexical inicial. Como as crianças aprendem a extrair sentido de um enunciado, de uma palavra? Como essas primeiras palavras são utilizadas? Por que ocorre, na produção, o fenômeno do uso de palavras de forma presa ao contexto, ou seja, palavras produzidas apenas num contexto muito limitado e em situações muito específicas? Tudo leva a crer que o desenvolvimento lexical inicial seja dirigido pela experiência e guiado por “princípios” individuais. Isso equivale a dizer que as crianças não aprendem a língua da mesma forma e essa diferença não se refere apenas à qual língua elas estão adquirindo ou à velocidade de aquisição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudia Tereza Sobrinho da Silva, UFBA
Possui doutorado em Letras e Lingüística pela Universidade Federal da Bahia (2007). Atualmente é professor adjunto II da Universidade Federal da Bahia. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Aquisição de Linguagem, atuando principalmente nos seguintes temas: linguagem infantil, desenvolvimento lexical inicial e adaptação dos Inventários de Desenvolvimento Comunicativo para o português brasileiro.
Publicado
2016-07-19
Métricas
  • Visualizações do Artigo 235
  • PDF downloads: 221
Seção
EXPEDIENTE