Um lugar para o poeta baiano Camillo de Jesus Lima: entre nós.

  • Esmeralda Guimarães Meira Professora efetiva da Universidade do Estado da Bahia, mestra pelo Programa de Pós-graduação em Estudo de Linguagens / UNEB, com a dissertação intitulada “Muito além da tardes nevoentas: um estudo da lírica de Camllo de Jesus Lima”, sob a orientação do Dr. Carlos Augusto de Magalhães.
Palavras-chave: Literatura baiana, Poesia, Camillo de Jesus Lima,

Resumo

Camillo de Jesus Lima é um escritor do sudoeste da Bahia que participou ativamente da roda literária no século XX, principalmente entre as décadas de 40 a 50, período em que foram publicados cinco dos seus sete livros editados, todos de poemas: As trevas da noite estão passando (1941), Poemas (1944), Novos poemas (1945), Viola Quebrada (1945), Cantigas da tarde nevoenta (1955), A mão nevada e fria da saudade (1971), O livro de Miriam (1973). Embora muito bem conceituado pela crítica literária naquele período, no momento presente a obra desse poeta ainda se encontra sob a condição de um verdadeiro ostracismo; esquecido e sem o reconhecimento que lhe é devido pela sua participação no panorama literário baiano do século XX. Além de poeta, Camillo de Jesus Lima escreveu crônicas, contos e romances, com publicações em jornais e revistas da Bahia e de outros estados brasileiros; atuou como tradutor de Garcia Lorca, Charles Baudelaire, W. Whitman; foi critico de rodapé nos jornais A Tarde, de Salvador/Bahia e nO Combate, de Vitória da Conquista/Bahia. O propósito desse artigo é tentar romper com tal estado de silêncio ao apresentar ao público acadêmico da atualidade uma memória literária relevante para os estudos da literatura baiana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Esmeralda Guimarães Meira, Professora efetiva da Universidade do Estado da Bahia, mestra pelo Programa de Pós-graduação em Estudo de Linguagens / UNEB, com a dissertação intitulada “Muito além da tardes nevoentas: um estudo da lírica de Camllo de Jesus Lima”, sob a orientação do Dr. Carlos Augusto de Magalhães.

Professora efetiva da Universidade do Estado da Bahia, mestra pelo Programa de Pós-graduação em Estudo de Linguagens / UNEB, com a dissertação intitulada “Muito além da tardes nevoentas: um estudo da lírica de Camllo de Jesus Lima”, sob a orientação do Dr. Carlos Augusto de Magalhães.

Publicado
2012-12-05
Métricas
  • Visualizações do Artigo 1565
  • PDF downloads: 450