ESCREVER A PRÓPRIA VIDA: ASPECTOS ESTILÍSTICOS DO GÊNERO DIÁRIO PESSOAL

  • Jocelma Boto Silva UESB
  • Marcia Helena de Melo Pereira
Palavras-chave: Diário pessoal. Estilo. Gênero discursivo

Resumo

A escrita de si é bastante reveladora: nela, emergem aspectos que revelam o que o autor almeja, mas também afloram aspectos que ele sequer cogitou para o registro de sua personalidade. De acordo com a teoria bakhtiniana, todo trabalho com a língua dá-se por meio de algum gênero discursivo. Portanto, o indivíduo que opta por escrever fatos da sua vida o faz a partir de algum gênero pertencente à esfera autobiográfica. Neste trabalho, nos propomos a investigar mais de perto o diário pessoal, cuja escrita é produzida diariamente ou em curtos intervalos de tempo. Para isso, investigamos dois diários de duas diaristas comuns, em busca de aspectos que evidenciam suas concepções sobre o gênero. Teoricamente, embasamo-nos na concepção de gênero discursivo, postulada por Bakhtin (1997), e nas investigações do pesquisador francês Philippe Lejeune (2014) acerca de autobiografias de pessoas comuns. Nossas investigações mostraram que a composição escrita desses diários se distingue, em vários aspectos, desde a concepção formal e estrutural do gênero até a função que ele representa para as escreventes. O gênero mostrou-se bastante flexível, permitindo que as diaristas imprimissem nele seus estilos individuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. In: ________. Estética da criação verbal. Tradução de Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 1997. p. 261-306.

LEJEUNE, P. Les journaux spirituals en France du XVIe au XVIIe siècle. Article publié dans Les Problématiques de l’autobiographie, nº 33 de Littéralees. (Université Paris X – Nanterre), 2004, p. 63-85.

______. O pacto autobiográfico: de Rousseau à Internet. Organização de Jovita Maria Gerheim Noronha; tradução de Jovita Maria Gerheim Noronha, Maria Inês Coimbra Guedes. 2 ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2014.

MARCUSCHI, L. A. Gêneros Textuais: definição e funcionalidade. In: DIONISIO, A. P.; MACHADO, A. R.; BEZERRA, M. A. (Orgs.). Gêneros textuais e ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2003. p. 19-36.

POSSENTI, S. Enunciação, autoria e estilo. Revista da FAEEBA, Salvador, n. 15, p. 15-21, jan./jun., 2001.

RIBEIRO, P. B. Funcionamento do gênero do discurso. Bakhtiniana, São Paulo, v. 1, n. 3, p. 54-67, 1º sem. 2010.

Métricas
  • Visualizações do Artigo 1235
  • PDF downloads: 2166
Como Citar
SILVA, J. B.; PEREIRA, M. H. DE M. ESCREVER A PRÓPRIA VIDA: ASPECTOS ESTILÍSTICOS DO GÊNERO DIÁRIO PESSOAL. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, v. 1, n. 2, p. 295-312, 11.