Narrativas capitalistas em Parintins (AM): biografias, cinemas, perfumes e etnocídios

Palavras-chave: Economia, Trabalhadores, Memórias

Resumo

Este ensaio apresenta como objeto de estudo o processo imperialista de implemento da economia de mercado junto a produtos do extrativismo florestal entre as décadas de setenta e oitenta do século passado no contexto da cidade de Parintins, Amazonas, Brasil. A base teórico-conceitual e metodológica do objeto se encontra ancorada em quadros de memória oriundos de uma experiência biográfica antropologicamente inserida nesse contexto desde a infância e juventude. Essas figurações mnemônicas têm como eixos três elementos empíricos: i) as salas locais de cinema: Cine Oriental e Cine Saul; ii) exploração da essência ou óleo da madeira do pau-rosa; iii) um sujeito histórico chamado Noisinho Sateré. O primeiro conjunto é ideológico, o terceiro elemento é de base material, e o quarto é uma síntese trágica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gerson André Albuquerque Ferreira, Universidade Federal do Amazonas

Doutor em Sociedade e Cultura na Amazônia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM), mestre em Sociologia pela Universidade Federal da Paraíba. Professor da UFAM.

Elenise Faria Scherer, Universidade Federal do Amazonas

Doutora em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, com realização – sanduíche – em Política Social na Universidad Autonoma de Barcelona. É pós-doutora pelo Intitut des Hautes Etudes de l'Amerique Latine da Université Paris III - Sorbonne Nouvelle (2008). Professora titular da Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Referências

100 DE PERSONALITATI: oameni care au schimbat destinul lumii. Marilyn Monroe. Petro Kapnistos (Editor). Bucuresti, România: Editura De Agostini Hellas, n. 20, 2007.
AMORIM, Henrique. Trabalho imaterial: Marx e o debate contemporâneo. São Paulo: Annablume; Fapesp, 2009. (Crítica contemporânea).
ATHAYDE, Simone Ferreira. de. Sustentabilidade ambiental de recursos naturais utilizados na cultura material Kaiabi (tupi-guarani) no Parque Indígena do Xingu, Região Amazônica, Brasil. Revista Etnológica. Especial Etnoecologia Brasileira. Cidade do México. Universidad Nacional del México, v. IV, n. 6, p. 84-100, julho, 2009.
ARAUJO, Ana Carvalho Ziller de. Cineastas indígenas: um outro olhar: guia para professores e alunos. Olinda, PE: Vídeo nas Aldeias, 2010.
BACHELARD, Gaston. A formação do espírito científico: contribuição para uma psicanálise do conhecimento. Tradução de Estela dos Santos Abreu. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996.
BACHELARD, Gaston. A poética do devaneio. Tradução de Antônio de Pádua Danesi. São Paulo: Martins Fontes, 1988.
BAUDRILLARD, Jean. O sistema dos objetos. Tradução de Zulmira Ribeiro Tavares et al. São Paulo: Perspectiva, 2002.
BITENCOURT, Mirian et al. A história das “de baixo”: o silêncio do trabalho da mulher nas usinas de pau-rosa. Anais... III Congresso Pan-Amazônico de História Oral. Centro de Estudos Superiores de Parintins. Universidade do Estado do Amazonas (UEA), de 21 a 23 de outubro de 2015. p. 1-16.
BURROUGHS, Edgar Rice. Tarzan dos macacos. Tradução de Paulo de Freitas. Editora Cultura Digital, 2008.
CARRIÈRE, Jean Claude A linguagem secreta do cinema. Tradução de Fernando Albagli et al. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1995.
CINE SAULT E CINE ORIENTAL. Parintins: Canal YouTube Web – Sou mais Parintins, 20 de abril, 2016. Reportagem audiovisual. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=pAnhMqNB0dA. Acessado em: 15 mar. 2020.
ERENO, Dinorah. Folhas de árvore da Amazônia garantem a continuidade da produção do perfume Chanel. Pesquisa FAPESP, São Paulo, Fundação de Apoio à Pesquisa de São Paulo, Edição 111, p. 63-67, maio, 2005.
FANON, Frantz. Os condenados da terra. Enilce Albergaria Rocha et al. Juiz de Fora: UFJF, 2006.
GOMES, Jéssica Dayse Matos. História e memória: os cinemas em Parintins-AM entre a década de 1960 a 1980. 2010. 80f. Monografia (Licenciatura Plena em História). Centro de Estudos Superiores de Parintins (Cesp), Universidade do Estado do Amazonas, Parintins/AM, 2010.
GOMES, Jéssica Dayse Matos. Memórias dos cinemas em Parintins-AM entre as décadas de 1960-e 1980. In: Anais... III Congresso Pan-Amazônico de História Oral. Centro de Estudos Superiores de Parintins. Universidade do Estado do Amazonas (UEA), de 21 a 23 de outubro de 2015. p. 1-16.
GORZ, André. O imaterial: conhecimento, valor e capital. Tradução de Celso Azzan Jr. São Paulo: Annablume, 2005.
INSIDE Chanel. Direção: Joe Wright. Produção: Gatty Imagens. Paris: Chanel. Colorido e Preto e Branco. Documentário em série de 23 curtas-metragens. França, 2012.
JAPIASSÚ, Hilton. Dicionário básico de filosofia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1996.f
MOURÃO, Helder Ronan de Souza. Parintins: história e cultura cinematográfica. 2016. 93f. Dissertação. (Mestrado em Comunicação). Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM), Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Manaus, 2016.
OS homens preferem as loiras. Direção: Howard Hawks. Produção: 20th Century Fox Interpretes: Jane Russell, Marilyn Monroe, Charles Coburn et al. Nova York: 20th Century Fox. 1 DVD (91 min). Colorido. Ficção. Comédia Romântica. EUA, 1953.
RIBEIRO, Marcelo Rodrigues Souza. Da economia política do nome de ‘África’: a filmografia de Tarzan. 2008. 265f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social). Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, 2008.
RODRIGUES, Renan Albuquerque. et al. Trabalhadores na produção da essência de pau-rosa na Amazônia. Novos Cadernos NAEA, vol. 19, n. 12, p. 173-191, mai./ago., 2016. Disponível em: https://doi.org/10.5801/ncn.v19i2.2197. Acesso em: 5 mar. 2021.
SHOAT, Ella et al. Crítica da imagem eurocêntrica. Tradução de Marcos Soares. São Paulo: Cosac Naif, 2006.
SOUZA, Márcio. A História da Amazônia. Manaus: Editora Valer, 2009.
SOUZA, Bruno dos Santos de. Cinema em Parintins: um lugar de memória. 2010. 72f. Monografia (Licenciatura Plena em História). Centro de Estudos Superiores de Parintins (Cesp), Universidade do Estado do Amazonas, Parintins-AM, 2010.
SOUZA, Maria de Jesus Muniz de. O apogeu do Cine Oriental na década de 70 na cidade de Parintins. 2007. 67f. Monografia (Licenciatura Plena em História). Centro de Estudos Superiores de Parintins (Cesp), Universidade do Estado do Amazonas, Parintins-AM, 2007.
SPADA, James. Marilyn Monroe: her life in pictures. New York: Author & Company, 2012.
STAM, Robert. Multiculturalismo tropical: uma história comparativa da raça na cultura e no cinema brasileiros. São Paulo: EDUSP, 2008.
TARZAN dos macacos. Direção: Scott Sidney. Produção: William Parsons. Intérprete: Elmo Lincoln. Nova York: Hollywood Film Enterpreses Inc. (60 min.) Preto e Branco. Ficção. Aventura. EUA, 1918.
TURNER, Graeme. Cinema como prática social. Tradução de Mauro Silva. São Paulo: Summus, 1997.
Publicado
2021-09-06
Métricas
  • Visualizações do Artigo 43
  • pdf downloads: 46
Como Citar
FERREIRA, G. A. A.; SCHERER, E. F. Narrativas capitalistas em Parintins (AM): biografias, cinemas, perfumes e etnocídios. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, v. 6, n. 18, p. 571-588, 6 set. 2021.