Práticas de leitura nas aulas de Língua Inglesa: Gêneros Textuais e Tertúlia Dialógica

  • Cristiana Porto Soares
  • Silvânia Leles de Souza

Resumo

Este artigo objetiva refletir práticas vivenciadas durante o estágio acadêmico tendo como foco a diversidade de gêneros textuais nas aulas de Língua Inglesa, no município de Boquira – Bahia contribuindo para a aprendizagem de uma nova língua bem como favorecendo o desenvolvimento dos comportamentos leitor/escritor em que o aluno utilizará na leitura e compreensão de textos seja na sua língua materna ou não. Também aborda sugestão de prática de leitura a Tertúlia Literária Dialógica e como referencial teórico:  Marcuschi e Dionísio que discorre sobre a importância do trabalho com os gêneros discursivos no ensino de Língua e que tal prática proporciona aos alunos reconhecer e, produzir textos que circulem frequentemente na sua vida social, pois, além do conhecimento de regras gramaticais, é necessário conhecer a funcionalidade do texto, bem como saber emprega-lo quando for confrontado por situações reais comunicativas.

Palavras-chave: Leitura, Gêneros textuais, Língua Inglesa, Tertúlia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL, Conselho Nacional de Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura de graduação plena. Resolução CNE/CP Nº 1 de 18 de fevereiro de 2002. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_02.pdf Acesso em: 02 de abr.2019.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: língua estrangeira / Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998.

_____________________. Parâmetros curriculares nacionais: do ensino fundamental: língua portuguesa / Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997.

CAFIERO, Delaine. Leitura como processo: caderno do professor / Delaine Cafiero: - Belo Horizonte: Ceale/FaE/UFMG, 2005. 68 p. - (Coleção Alfabetização e Letramento) ISBN: 85-99372-14-9. Disponível em: http://www.ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/files/uploads/PNAIC%202017%202018/LEITURA-PROCESSO-prof.pdf Acesso em: 14 de set. 2018.

FLECHA, Ramón ; MELLO, Roseli Rodrigues de. Tertúlia Literária Dialógica: compartilhando histórias. Presente! : Revista de educação, Salvador, ano 2005, v. 13, n. 48, p. 29 - 33, 1 mar. 2005. Disponível em: https://www.comunidadedeaprendizagem.com/uploads/materials/210/152d8c5158c8e403bd4efb9ef106f950.pdf. Acesso em: 3 maio 2019.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: 3 artigos que se completam. 23ª ed. São Paulo: Cortez, 1989.

______________________ Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. 35ª ed. São Paulo: Paz e Terra,1996.

GIROTTO, Vanessa Cristina. Leitura dialógica: primeiras experiências com tertúlia literária dialógica com crianças em sala de aula. 2011. 345 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2011.Disponível em:https: //revistas.ufg.br/interacao/article/download/18869/11241/Acesso em: 21 mai. 2019

HOLDEN, Susan. O Ensino da Língua Inglesa nos Dias Atuais. 1. ed. São Paulo: Special Book Services Livraria, 2009. v.1. p.8.

JORDÃO, Clarissa Menezes. O que todos sabem... ou não: letramento crítico e questionamento conceitual. 2007, p.43 Disponível em:https://www.academia.edu/1423126/O_que_todos_sabem...._ou_n%C3%A3o_letramento_cr%C3%ADtico_e_questionamento_conceitual?auto=download. Acesso em: 3 maio 2019.

KOCH, Ingedore Villaça; ELIAS, Vanda Maria. Gêneros textuais. In: KOCH, Ingedore Villaça; ELIAS, Vanda Maria. Ler e compreender: os sentidos do texto. 3. ed. São Paulo: Contexto, 2018. p. 101-122. ISBN 978-85-7244-327-2.

LAJOLO, Marisa. Do mundo da leitura para a leitura do mundo. 6ª ed. São Paulo: Ática, 2001.

LÜCK, Heloisa. Pedagogia interdisciplinar. Petrópolis: Vozes, 1994.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Gêneros textuais: Definição e funcionalidade. In: DIONISIO, Ângela Paiva; MACHADO, Anna Rachel; BEZERRA, Maria Auxiliadora (org.). Gêneros textuais e ensino. 1. ed. São Paulo: Parábola, 2010. cap. Suportes teóricos e práticas de ensino, p. 19-38. ISBN 978-85-7934-021-5.

______________________. Processo de produção textual. In: MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. 1. ed. São Paulo: Parábola, 2008. p. 6-12. ISBN 978-85-88456-74-7.

MARIGO, Adriana Fernandes Coimbra et al. Comunidades de aprendizagem: compartilhando experiências em algumas escolas brasileiras. Políticas Educativas – PolEd, Porto Alegre,p.74-89. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/Poled/article/view/22723/13208. Acesso em: 3 maio 2019.

PINTO, Abuêndia Padilha. Gêneros discursivos e ensino de língua inglesa. In: DIONISIO, Ângela Paiva; MACHADO, Anna Rachel; BEZERRA, Maria Auxiliadora (org.). Gêneros textuais e ensino. 1. ed. São Paulo: Parábola, 2010. cap. Suportes teóricos e práticas de ensino, p. 51-62. ISBN 978-85-7934-021-5.

SOLÉ, Isabel. Estratégias de leitura, Porto Alegre: Artmed. 1998.

Publicado
2020-07-08
Métricas
  • Visualizações do Artigo 22
  • PDF downloads: 20