Paródia pósmoderna e rizoma: o gótico em trânsito

  • Adelaine LaGuardia
  • Guilherme Copati

Resumo

O gótico contemporâneo pode ser compreendido como um fenômeno que extrapolaas fronteiras da literatura e invade outras formas de expressão artística (SPOONER, 2006). Por isso, sua dimensão de rizoma faz dele um gênero que relativiza o valor do cânone e subverte a ideia de origem que perpassa a construção da historiografia literária. Rebecca, romance de Daphne du Maurier, é tomado como ponto de partida para uma análise da transfiguração do gótico literário em outros textos e em outras mídias. Apresentandose sob o modelo rizomático de tradição, que a concebe em sua horizontalidade e inexistência ontológica, o romance faz do uso da paródia pósmoderna e do pastiche um meio de colocar em questionamento o processo de diálogo e subversão hierárquica que a pósmodernidade estabelece com a tradição.


Palavraschave: Gótico contemporâneo. Pósmodernidade. Rizoma. Paródia pósmoderna. Rebecca.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-04-11
Métricas
  • Visualizações do Artigo 135
  • PDF downloads: 208