Diversas e plurais: linhas, lãs, agulhas, missangas, lantejolas, botões, tecidos... Nas práticas artísticas das dissidências sexuais e de gênero na arte contemporânea

  • Fábio José Rodrigues da Costa Universidade Regional do Cariri

Resumo

O artigo traz um panorama sobre as práticas não artísticas e artísticas das dissidências sexuais e de gênero a partir de técnicas e materiais que constituem os saberes e fazeres têxteis, desde a segunda metade do século XX até as duas primeiras décadas do século XXI. Tensiona os apagamentos desses não artistas e artistas pela História e História da Arte e tece uma contranarrativa do lugar dos femininos no artesanato e na arte têxtil a partir das diversas e plurais formas de pensar/criar desde a margem/marginalidades que estão submetidas as dissidências sexuais e de gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio José Rodrigues da Costa, Universidade Regional do Cariri

é coordenador do Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Artes (PROF-ARTES) do Centro de Artes da Universidade Regional do Cariri (URCA). Pós-Doutor em Artes pelo Programa de Pós-Graduação em Artes da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG, 2017); Doutor em Artes Visuais pela Universidad de Sevilla (US/España, 2007) com Bolsa Doutorado Pleno no Exterior do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Mestre em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE, 1999) com Bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível (CAPES). Curso de Aperfeiçoamento em Aprendizagem da Arte e Cultura Contemporânea pela Universidade de São Paulo (USP, 2000); Graduado (Licenciatura) em História pela Universidade Federal de Pernambuco (1995). Aulas ministradas na Universidad Autónoma de Madrid (España); Instituto Superior de Arte (ISA) (Cuba); Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (Portugal) e Faculdade de Artes da Universidad Surcolombiana (Colômbia). Coordenador do DINTER Artes UFMG/URCA (2013-2017); Assessor de Relações Internacionais da URCA (2013-2017); Diretor do Centro de Artes Reitora Maria Violeta Arraes de Alencar Gervaiseau da URCA (2013-2017); Chefe do Departamento de Artes Visuais (2012-2015); Diretor do Centro de Artes (2008-2011); Pró-Reitor de Extensão (2011-2012). Líder do Grupo de Pesquisa Ensino da Arte em Contextos Contemporâneos (GPEACC/CNPq, 2007); Coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ensino da Arte — NEPEA (1999). Membro do Projeto de Cooperação Internacional para América Latina com a Universidade Autónoma de Madrid (España) com participação do Chile, Cuba, Brasil e Venezuela (2009-2011). Representante do Brasil no Consejo Latinoamericano y Caribeño de Educación por el Arte (CLEA, 2010); Presidente do Consejo Latinoamericano y Caribeño de Educación por el Arte (CLEA, 2010-2012); Diretor de Relações Internacionais da Federação dos Arte/Educadores do Brasil (FAEB, 2012-2014). Membro associado da Federação dos Arte/Educadores do Brasil (FAEB). Atualmente é professor Associado do Departamento de Artes Visuais com aulas no Curso de Licenciatura em Artes Visuais. Professor do Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Artes (PROF-ARTES/Centro de Artes/URCA), vinculado às linhas de pesquisa Processos de ensino, aprendizagem e criação em artes e Abordagens teórico-metodológicas das práticas docentes. Atua e desenvolve pesquisas na área de Arte/Educação com ênfase na Formação Inicial e Continuada de Professores de Artes Visuais, Didática do Ensino das Artes Visuais, Mediação Cultural, Arte/Educação para uma educação dissidente e Práticas Artísticas LGBTI+ e das dissidências sexuais e de gênero. Curador Independente.

Publicado
2021-12-13
Métricas
  • Visualizações do Artigo 40
  • PDF downloads: 21