O LÉXICO DOS GARIMPEIROS DA CHAPADA DIAMANTINA NA OBRA CASCALHO DE HERBERTO SALES

Palavras-chave: Léxico. Inovações lexicais. Cascalho. Herberto Sales. Chapada Diamantina.

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo discutir e analisar o léxico na obra Cascalho (2011) do escritor baiano Herberto Sales, identificando o processo criativo de sua inovação lexical no texto literário. Para o presente estudo estamos ancorados teórica e metodologicamente em Vilela (1995), Ribeiro (2020), Neves (2002), Melo (2011), Oliveira e Isquerdo (1998), Biderman (1998) dentre outros autores que abalizam a discussão sociolinguística. A constituição desse corpus aponta para evidências que comprovam peculiaridades de um falar regional/popular na literatura que trata do garimpo nas lavras diamantinas. O romance possui lexias que mostram a importância da relação entre língua e aspectos socioculturais na formação do português brasileiro. Nesse sentido, a discussão proposta contribui para um maior conhecimento das marcas do léxico na região em estudo.

Palavras-chave: Léxico. Inovações lexicais. Cascalho. Herberto Sales. Chapada Diamantina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Marcos de Almeida Ribeiro, Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS/mestrando
Graduado em Pedagogia e História pela UNEB/Campus XIII; Especialização em Estudos Linguísticos e Filológicos pela UNEB/Campus XIII. Mestrando em Estudos Linguísticos no Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos da UEFS. É professor de História do ensino médio da rede básica da Bahia. Tutor EaD de Pedagogia da UNIVASF.
Publicado
2021-06-10
Métricas
  • Visualizações do Artigo 66
  • PDF downloads: 22