Africanizando o currículo escolar: Desmitificando o ensino da cultura afro-brasileira

  • Tulio Nepomuceno de Oliveira

Resumo

Discutir o ensino da história e cultura afro-brasileira no currículo escolar no ensino fundamental
e médio das instituições públicas e privadas, relacionando-o com as diversas atividades
curriculares e disciplinas afins, é fundamental e extremamente relevante para a ressignificação
e valorização cultural de matrizes africanas. Desse modo, a Lei Federal 11.645/2008, a qual
define a obrigatoriedade da inserção do ensino da história e cultura afro-brasileira em sala de
aula, muito tem contribuído nas reflexões acerca do contexto sócio-histórico e cultural africano
e afro-brasileiro, ainda que, muitos obstáculos e desafios têm sido encontrados na prática do
ensino. A inexistência de suporte técnico para a aplicabilidade da lei é o principal obstáculo
encontrado pelos profissionais da educação, os quais não possuem investimentos de formação
para tal aplicação nas diferentes modalidades de ensino. À vista disso, pretende-se, neste artigo,
discutir sobre o processo de inserção da cultura afro-brasileiras no âmbito escolar, visando
explorá-la e valorizá-la, bem como dar visibilidade aos escritores (as) afro-brasileiros (as),
como parte da literatura brasileira e contribuir fortemente para que sejam aplicadas e discutidas
em sala de aula. Como objeto de estudo foi utilizada, como referência, a inclusão da referida
lei federal no Projeto Político Pedagógico das escolas de Seabra, na Chapada Diamantina,
Bahia. Para isso, como aporte teórico serão utilizados Duarte (2008), Souza (2005), Trindade
(1988), entre outros. Espera-se, com este estudo, contribuir nas discussões acerca da literatura
afro-brasileira e incentivar a sua inserção no currículo escolar, uma vez que, é rica em
informações históricas e socioculturais sobre a população oriunda da África.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tulio Nepomuceno de Oliveira
Graduado em Letras e Pós-Graduado em Literatura Afro-Brasileira.
Publicado
2021-06-10
Métricas
  • Visualizações do Artigo 4
  • PDF downloads: 25