O mundo da rua educa

processos educativos da população de rua na cidade de São Carlos–SP

Autores

  • Sara Ferreira de Almeida Universidade Federal de São Carlos, UFSCar
  • Maria Waldenez Oliveira Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

DOI:

https://doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2015.v24.n43.p147-159

Palavras-chave:

Processos educativos. Educação popular. População de rua.

Resumo

O artigo traz resultados de pesquisa acerca dos processos educativos vivenciados por pessoas adultas que vivem na rua na cidade de São Carlos–SP. O desvelamento dos saberes dessa população foi feito a partir de metodologia, cujo aporte freireano e dusseliano privilegiou a participação dos sujeitos. Foram realizadas rodas de conversa, entrevistas para levantamento de temas geradores e da análise dos dados emergiram categorias que possibilitaram compreensão mais detida sobre a realidade investigada, a saber: 1) “As pessoas que estão na rua não são os lixos que a sociedade joga fora”; 2) “Viver é saber viver. Morar é lavar, passar, cozinhar”; 3) “Viver na rua é muito difícil, mas é alegre também, sabia?”; 4) “A rua é um mundo”; 5) “Na rua eu aprendi muito, experiências que eu jamais vou esquecer”. Foi possível apreender processos educativos consolidados na rua, como a busca por sobrevivência material e simbólica, proteção do grupo e resistência dentro da lógica que oprime aqueles e aquelas que vivem as complexas dimensões da vida humana nessas condições. Espera-se contribuir
com a problematização de visões distorcidas de que na rua nada se ensina e pouco se aprende, além de colaborar no debate acerca das pedagogias dos grupos populares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sara Ferreira de Almeida, Universidade Federal de São Carlos, UFSCar

Especialista e Mestre em educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Doutoranda no Programa de Pós-graduação em Educação – PPGE/UFSCar. Educadora popular com experiência nos seguintes temas: educação popular, população de rua, economia solidária, incubação de cooperativas e empreendimentos populares, educação ambiental, ações socioeducativas com adolescentes.

Maria Waldenez Oliveira, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Professora titular em Educação Popular e Saúde e Processos Educativos em Práticas Sociais. Professora do Departamento de Metodologia de Ensino e do Programa de Pós--Graduação em Educação da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Coordenadora do Grupo de Trabalho de Educação
Popular da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd).

Referências

ALMEIDA, S. F. de. A prática social – viver no mundo da rua – e seus processos educativos. 2014. 156f.

Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2014.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento e Combate à Fome. Relatório do I Encontro Nacional sobre População em Situação de Rua. Brasília, DF: Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome/Secretaria de

Avaliação e Controle da Informação/Secretaria Nacional de Assistência Social, 2006.

COSTA, Daniel de Lucca. A rua em movimento: experiências urbanas e jogos sociais em torno da população de rua. 2007. 241 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

DUSSEL, Enrique. Introducción a la filosofia de la liberación. Colômbia: Nueva América, 1995.

______. Filosofia de la Liberación. México: EDICOL, 1977a. Disponível em: <http://www.enriquedussel.com/libros.html#>. Acesso em: 26 abr. 2012.

______. Introducción a una filosofia de la liberación latinoamericana. México: Extemporaneos, 1977b. Disponível em: <http://www.enriquedussel.com/libros.html#>. Acesso em: 26 abr. 2012.

_____. El programa cientifico de investigación de Karl Marx (Ciencia funcional y critica). In: DUSSEL, Enrique (Org.). Hacia uma filosofia politica critica. Bilbao: Desclée de Brouwer, 2001. p. 1-24.

______. Ética da Libertação: na idade da globalização e da exclusão. Petrópolis: Vozes, 2007.

ELIAS, Adriano. Vaga mundo. São Carlos, SP: s.n., s.d.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

______.Política e educação. Indaiatuba, SP: Villa das Letras, 2007. (Coleção Dizer a Palavra).

______. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. 17. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

FIORI, Ernani Maria. Conscientização e educação. Educação e Realidade, Porto Alegre, v. 11, n. 1, p. 3-10, jan./jun. 1986.

GÓNGORA, Andrés; SUÁREZ, Carlos José. Por uma Bogotá sin mugre: violência, vida y muerte em la cloaca urbana. Universitas Humanística, Bogotá, n. 66, p. 107-138, jul./dez. 2008. Disponível em: <http://revistas.javeriana.edu.co/index.php/univhumanistica/article/view/2113>. Acesso em: 12 mar. 2014.

KASPER, C. Habitar as ruas. 2006. 225 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2006.

MARQUES, A. Crime, proceder, convívio-seguro: um experimento antropológico a partir de relações entre ladrões. 2009. 119 p. Dissertação (Mestrado em Antropologia) – Departamento de Antropologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

MARTINEZ, M. M. Andando e parando pelos trechos: uma etnografia das trajetórias de rua. 2011. 166 p. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) – Departamento de Ciências Sociais, Universidade Federal de São

Carlos, São Carlos, 2011.

MARX, Karl. Manuscritos econômico-filosóficos. Trad. Jesus Ranieri. São Paulo: Boitempo, 2010. (Coleção Marx e Engels).

MATTOS, Ricardo Mendes; FERREIRA, Ricardo Franklin. Quem vocês pensam que (elas) são? – representações sobre as pessoas em situação de rua. Psicologia e Sociedade, v. 16, n. 2, p. 47-58, maio/ago. 2004.

MATURANA, Humberto. Emoções e linguagem na educação e na política. Belo Horizonte: UFMG, 2009.

OLIVEIRA, L. M. F. de. Circulação e fixação: o dispositivo de gerenciamento dos moradores de rua em São Carlos e a emergência de uma população. 2012. 147 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2012.

OLIVEIRA, Maria Waldenez. Et al. Processos educativos em práticas sociais: reflexões teóricas e metodológicas sobre pesquisa educacional em espaços sociais. In: REUNIÃO DA ANPEd, 32., 2009, Caxambu, MG. Anais...

Caxambu, MG: ANPEd, 2009. GT Educação Popular. 1 CD–ROM.

OLIVEIRA, Maria Waldenez; STOTZ, Eduardo Navarro. Perspectivas de diálogo no encontro entre organizações não governamentais e instituição acadêmica: o convívio metodológico. REUNIÃO DA ANPEd, 27., 2004, Caxambu, MG. Anais... Caxambu, MG: ANPEd, 2004. GT - Educação Popular. 1 CD-ROM.

ROSA, Cleisa Moreno Maffei. Vidas de rua. São Paulo: Hucitec/Associação Rede Rua, 2005.

SANTOS, Boventura de Souza; MENESES, Maria Paula (Org.). Epistemologias do Sul. São Paulo: Cortez, 2010.

VIEIRA, Maria Antonieta da Costa; BEZERRA, Eneida Maria Ramos; ROSA, Cleisa Moreno Maffei (Org.). População de rua: quem é, como vive, como é vista. São Paulo: Hucitec, 1992.

Publicado

2015-06-19

Como Citar

ALMEIDA, S. F. de; OLIVEIRA, M. W. O mundo da rua educa: processos educativos da população de rua na cidade de São Carlos–SP. Revista da FAEEBA - Educação e Contemporaneidade, [S. l.], v. 24, n. 43, p. 147–159, 2015. DOI: 10.21879/faeeba2358-0194.2015.v24.n43.p147-159. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/faeeba/article/view/1321. Acesso em: 29 maio. 2024.