FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA DOCÊNCIA ONLINE: CONSIDERAÇÕES SOBRE UM ESTUDO DE CASO

Autores

  • Marco Silva Universidade do Estado do Rio de Janeiro -UERJ
  • Sheilane Avellar Cilento Universidade Católica de Petrópolis (UCP).

DOI:

https://doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2014.v23.n42.p207-218

Palavras-chave:

Docência online, Cultura digital, Formação de professores

Resumo

No Brasil, cresce exponencialmente a oferta de graduações na modalidade online, na medida em que a legislação oficial específica e as políticas públicas de inclusão social no ensino superior contam com as tecnologias digitais invadindo os mais
distintos setores da vida social. No entanto, a expansão da modalidade onlinenão tem sido acompanhada de formação docente adequada, particularmente entre os graduandos em pedagogia e aqueles professores que atuam em cursos na web. Este texto reúne algumas considerações sobre formação de professores para docência onlineextraídas de investigação acadêmica realizada com base no estudo de um caso brasileiro. O quadro teórico articula abordagens sobre: a) educação e cultura digital;  b)  docência  no  ensino  superior;  e  c)  formação  para  a  docência online.
As conclusões apontam para a necessidade de: a) desenvolver saberes docentes que contemplem a especificidades do meio online; b) desenvolver o diálogo entre professores e alunos enquanto parceiros que compartilham a construção do conhecimento e da comunicação; c) superar o uso das interfaces fórum e chat baseado na interação sem articulação, em favor da colaboração e interatividade; d) investir na formação continuada que proporcione ao docente aptidões pedagógicas específicas como expressão socioafetiva nas relações interpessoais com os cursistas e expertisetecnológica para promover a inclusão do cursista na dinâmica específica
da aprendizagem online. Focado nesses desafios, o texto espera contribuir com o debate sobre a qualidade da formação de professores para docência online, quando a  tendência  ainda  é  a  subutilização  das  potencialidades  interativas  da webe a
reprodução de práticas unidirecionais da sala de aula presencial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Silva, Universidade do Estado do Rio de Janeiro -UERJ

Graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Mestre em Educação pela Fundação
Getúlio Vargas (FGV-Rio). Doutor em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Professor da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Sheilane Avellar Cilento, Universidade Católica de Petrópolis (UCP).

Graduada em Português–Inglês e Literaturas pela Universidade Católica de Petrópolis (UCP). Mestre em Educação online
pela Universidade Estácio de Sá (UNESA). Coordenadora do Curso de Pós- Graduação em Educação a Distância do Senac-RJ.

Referências

ANDRÉ, M. E. D. Estudo de caso: seu potencial na educação. Cadernos de Pesquisa, v. 49, p. 51-54, maio 1989.

LEMOS, A. Cibercultura: tecnologia e vida social na cultura contemporânea. 3. ed. Porto Alegre: Sulina, 2007.

LEMOS, A.; LÉVY, P. O futuro da internet: em direção a uma ciberdemocracia planetária. São Paulo: Paulus, 2010.

LÉVY, P. Cibercultura. Lisboa: Instituto Piaget, 1997.

MASETTO, M. T. Competência pedagógica do professor universitário. São Paulo: Summus, 2003.

______. Docência na universidade. Campinas, SP: Papirus, 2008.

QUEIROZ, D. T.; VALL, J.; SOUZA, A, M, A; VIEIRA, N. F. C. Observação participante na pesquisa qualitativa: conceitos e aplicações na área da saúde. Revista Enfermagem UERJ, Rio de Janeiro, v. 15, n. 2, p. 273-283, abr./jun. 2007.

SANTAELLA, L. Culturas e artes do pós-humano: da cultura das mídias à cibercultura. 3. ed. São Paulo: Paulus, 2008.

SANTOS, E.; SILVA, M. Desenho didático interativo para educação online. Revista Iberoamericana de Educación, n. 49, enero-abril, 2009. Disponível em: <http://www.rieoei.org/rie49a11.htm>. Acesso em: 14 maio 2014.

SILVA, M. Educación interactiva: enseñanza y aprendizaje presencial y online. Barcelona: Gedisa, 2005.

______. Cibercultura e educação: a comunicação na sala de aula presencial e online. Revista Famecos, Porto Alegre, n. 37, p. 69-74, dez. 2008.

______. Desenho didático: contribuições para a pesquisa sobre formação de professores para docência online. In: SILVA, M.; PESCE, L.; ZUIN, A. (Org.). Educação online: cenário, formação e questões didático-metodológicas. Rio de Janeiro: WAK, 2010. p. 215-232.

______. O fundamento comunicacional da avaliação da aprendizagem na sala de aula online. In: SANTOS, E.; SILVA, M. Avaliação da aprendizagem em educação online. 2. ed. São Paulo: Loyola, 2011. p. 23-38.

______. Sala de aula interativa. 7. ed. São Paulo: Loyola, 2014.

______. Formação de professores para docência online: uma experiência de pesquisa online com programas de pós-graduação. In: SILVA, M. (Org.) Formação de professores para docência online. São Paulo: Loyola, 2012a. p. 11-28.

______. Educação e comunicação interativas: contribuições para o desenho didático e para a mediação docente na educação online. In: SILVA, M. (Org.) Formação de professores para docência online. São Paulo: Loyola, 2012b. p. 87-109.

_______. Criar e professorar um curso online. In: SILVA, M. (Org.). Educação online: teorias, práticas, legislação e formação corporativa. 4. ed. São Paulo: Loyola, 2012c. p. 53-76.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 8. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

VILARINHO, L. R. G. Didática: temas selecionados. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1984.

YIN, R. K. Case study research: design and methods. 4. ed. London: Sage, 2009.

Como Citar

SILVA, M.; CILENTO, S. A. FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA DOCÊNCIA ONLINE: CONSIDERAÇÕES SOBRE UM ESTUDO DE CASO. Revista da FAEEBA - Educação e Contemporaneidade, [S. l.], v. 23, n. 42, p. 207–218, 2014. DOI: 10.21879/faeeba2358-0194.2014.v23.n42.p207-218. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/faeeba/article/view/1042. Acesso em: 14 jul. 2024.