Chamada de artigos para o Dossiê Temático n. 69 - Educação, sociedade e violência escolar

2022-02-18

Educação, sociedade e violência escolar

Rosely Giordano (Universidade Federal do Pará / Brasil)
Guadalupe Acle Tomasini (Universidad Nacional Autónoma de México)

O tema do dossiê aborda a violência escolar (em particular, o bullying e o preconceito) investigando-a em sua relação com as questões relativas à formação de professores e estudantes e às exigências da inclusão implicando, assim, a resistência face aos desafios encontrados quanto a esses aspectos intrinsecamente imbricados. A violência escolar, pela via da exclusão, atinge as mais diferentes camadas sociais e, historicamente, os estudantes com deficiência(s). Tanto estes, como aqueles considerados diferentes do padrão sociocultural dominante podem vir a ser vitimizados quer pelo bullying, quer pelo preconceito que implicam práticas cuja distinção é fundamental à elaboração de políticas e ações voltadas a uma educação cujo princípio esteja assente na defesa dos direitos humanos à inclusão de todos na Educação. Nessa perspectiva, visa debater e analisar questões teórico-práticas afetas à segregação escolar fundada nas divisões socioeconômicas e étnicas e à resistência face aos desafios da educação decorrentes da violência escolar que é signo da violência social, a qual atravessa a cultura ocidental atingindo seus limites mais perversos nas sociedades administradas. Sob esse aspecto, importa, ainda, considerar a mais recente crise na saúde pública provocada pela COVID-19 que impôs riscos adicionais à marginalização escolar existente também nos demais países da América Latina e Caribe às pessoas com deficiência, comunidades de migrantes, ribeirinhas, quilombolas e indígenas. Objetiva apresentar trabalhos teóricos e resultados de pesquisas sobre o tema, suas consequências para a escola e, também, contribuições referentes aos percursos formativos de professores, estudantes, à proposição e análise de políticas públicas voltadas à prevenção da violência escolar na perspectiva dos direitos humanos em prol da preservação da vida humana e ao fortalecimento da democracia. Encontram-se subsumidos na proposição do dossiê, os pressupostos metodológicos da Teoria Crítica da Escola de Frankfurt.  A Teoria Crítica é aqui compreendida como filosofia social cujos aportes encontram-se na Filosofia, na Psicologia, na Psicanálise e na Sociologia permitindo-nos uma produção teórica que, para além do diálogo entre as disciplinas e campos do saber, ultrapassa seus limites epistemológicos tradicionais sem negá-los. Tendo como traço distintivo a investigação social empírica, a Teoria Crítica e a pesquisa realizada permitiram-nos incorporar conhecimento para subsidiar debates e confrontos entre as diferentes perspectivas teórico-críticas da cultura na contemporaneidade ao privilegiar, simultaneamente, a imersão na empiria e na teoria.

Palavras-chave: Educação e Sociedade; Violência Escolar; Bullying, Inclusão e Direitos Humanos.

 

 

Prazo final para submissão: 01/09/2022
Data de publicação: 03/01/2023