PERCEPÇÕES DOS DISCENTES SOBRE A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM TEMPOS DE PANDEMIA

  • Dora Maria de Oliveira Maria de Oliveira
  • Lísias Carneiro Camargo
Palavras-chave: Discentes. Ensino a distância. Pandemia.

Resumo

O propósito deste artigo foi o de estimular a reflexão dos profissionais e estudiosos da educação, sobre os desafios e perspectivas do ensino superior à distância em tempos de pandemia do Covid-19. A metodologia utilizada recaiu sobre a pesquisa exploratória, quantitativa, a coleta de dados foi através de pesquisa estruturada por meio de questionário eletrônico. Os resultados advindos do estudo apontaram que 84,3% dos entrevistados tiveram dificuldades de aprendizagem e 74,5% responderam que não houve aprendizado no ensino a distância. Em contrapartida 52,9% relataram que tiveram facilidade na utilização das ferramentas digitais e perceberam a adequação dos docentes em relação aos recursos eletrônicos. Assim, pode-se concluir que a maioria dos alunos questionados apontaram que não houve aprendizado com o ensino remoto emergencial durante a pandemia, por outro lado, mesmo diante de um cenário de incertezas os educadores do ensino superior permaneceram determinados a ensinar.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-12-09
Métricas
  • Visualizações do Artigo 78
  • PDF downloads: 36