RELAÇÃO FAMÍLIA E O IDOSO NA CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE SOCIOCULTURAL EM CANDEIAS (BA)

Resumo

A sociedade brasileira tem envelhecido e as famílias não estão sendo preparadas politicamente para acompanhar esse processo. Em muitas sociedades o idoso é valorizado e tido como a biblioteca viva. A pesquisa visa compreender o comportamento social na relação entre a família e ao idoso em Candeias (BA). Visa descrever a situação afetiva entre o idoso e a família; explicar como os estatutos e as leis participam na redução do respeito para com os idosos; sensibilizar a família e a sociedade no cumprimento dos cuidados com a pessoa idosa. Utilizando quatro entrevistados realizadas em Candeias em 2018 se conclui que torna-se necessário divulgar através de meios existentes os direitos dos idosos. A família deve ser responsável pelo seu idoso criando condições para que o idoso tenha uma velhice saudável, com saúde e atividades de lazer.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Antonio Timbane, Universidade de Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira Instituto de Humanidade e Letras, Campus de Malês
Doutor em Linguística e Língua Portuguesa (2013) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) - Brasil, Mestre em Linguística e Literatura (2009) pela Universidade Eduardo Mondlane - Moçambique. É Licenciado e Bacharel em Ensino de Francês (2005) pela Universidade Pedagógica-Moçambique e professor titular na Universidade Academia de Ciências Policiais de Moçambique (ACIPOL). Tem experiência em ensino de francês e português, pesquisa na área de Sociolinguística e Dialetologia com particular enfoque na Variação e mudança lexical do Português Moçambicano, contato linguístico e línguas bantu.
Publicado
2020-04-28
Métricas
  • Visualizações do Artigo 22
  • PDF downloads: 28