O que os pais esperam sobre o aprendizado de inglês dos seus filhos?

Palavras-chave: Inglês para crianças, Expectativas dos pais, Família-escola

Resumo

Com a atual importância de se saber inglês, os pais podem pensar desde cedo em diferentes formas para seus filhos aprenderem a língua. Assim, surgiu o tema desta pesquisa: analisar as expectativas dos pais com relação ao ensino de inglês de seus filhos. Para isso, são levantadas as vantagens e desvantagens de se ensinar inglês para crianças, comparando a aprendizagem delas com a de adultos e abordando a ludicidade nas metodologias de ensino da língua para crianças. É discutido o papel dos pais na educação dos filhos e como isso pode afetar a relação entre família e escola e são abordadas as expectativas dos pais com relação ao ensino geral de seus filhos. Este trabalho foi realizado através de um questionário com 23 pais com o objetivo de analisar as expectativas deles sobre a aprendizagem de inglês dos seus filhos. O questionário continha algumas partes distintas. Na primeira, os participantes deveriam marcar o quanto concordavam com 13 afirmações. Depois, deveriam assinalar a importância de cada habilidade e elemento e a frequência com que algumas atividades devem ocorrer nas aulas de inglês dos seus filhos. Por fim, eles responderam três perguntas sobre a importância de saber inglês e reflexões sobre o questionário. Percebe-se que os pais dão importância a todas as habilidades e elementos, buscam por atividades diversas além do livro didático e parecem concordar com alguns dos pressupostos do Inglês como Língua Franca.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andressa Brawerman-Albini, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Doutora em Letras e professora do Departamento Acadêmico de Línguas Estrangeiras Modernas da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR. Desenvolve pesquisas sobre ensino e aquisição de inglês como LE e pronúncia da língua inglesa. E-mail: andbraw@utfpr.edu.br.

Ana Priscila Montanarim da Luz, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Graduada em Letras Inglês pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR e professora no Grupo Positivo. E-mail: amontanarim@gmail.com.

Referências

ANTONINI, A. F. A cultura de aprender língua estrangeira (inglês) de alunos de 1ª e 4ª séries do ensino fundamental. Dissertação (mestrado). Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, 2009. Disponível em: https://feliceuel.files.wordpress.com/2018/09/e-a-cultura-de-aprender-lc3adngua-estrangeira-inglc3aas-de-alunos-de-1c2aa-e-4c2aa-sc3a9ries-do-ensino-fundamental.pdf

BHERING, E.; SIRAJ-BLATCHFORD, I. A relação escola-pais: um modelo de trocas e colaboração. Caderno de Pesquisa, Nº 106, mar, 1999, São Paulo: p. 191-216. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cp/a/sYx8xKKNStQtFSBXpnrPDwq/abstract/?lang=pt

BROWN, D. Teaching by Principles: An interactive Approach to Language Pedagogy. New York: Pearson Education, 2007.

CARDOSO, S. H.; SABBATINI, R. M. E. Aprendizagem e mudanças no cérebro. 2006. Disponível em: <http://www.cerebromente.org.br/n11/mente/eisntein/rats-p.html>. Acesso em: 15 de dezembro de 2019.

DAMASCENO, D. P. C. O que a família espera da Escola? O caso das famílias responsáveis por alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental no Município de São João da Barra –RJ. (Belo Horizonte, online) [online]. 2017, vol.2, n.2. ISSN 2526-1126. Disponível em: https://rbeducacaobasica.com.br/o-que-a-familia-espera-da-escola-o-caso-das-familias-responsaveis-por-alunos-do-1o-ao-5o-ano-do-ensino-fundamental-no-municipio-de-sao-joao-da-barra-rj/

DÖRNYEI, Z. Questionnaires in Second Language Research: Construction, Administration, and Processing. Mahwah, N.J.: Lawrence Erlbaum Associates, 2003.

ELLIS, R. Measuring implicit and explicit knowledge of a second language: A psychometric study. Studies in second language acquisition, v. 27, Auckland, University of Auckland, 2005.

ESTEVES, S. H. N. Expectativas e justificativas para o ensino de língua inglesa na educação infantil: uma pesquisa com escola, professora e pais de alunos. 2009. 41 f. Monografia (Especialização em Ensino de Línguas Estrangeiras). UEL - Universidade Estadual de Londrina, Londrina. Disponível em: http://www.uel.br/pessoal/sreis/pages/arquivos/2009_ESTEVES_

Expectativas%20e%20justificativas%20para%20o%20ensino%20de%20lingua

%20inglesa%20na%20educacao%20infantil_Monografia_EELE.pdf

FANG, B. Uma análise da relação família-escola: para além da fala da família. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação). Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2018.

FERNANDES, C. Curso de idiomas, escola bilíngue ou internacional? Saiba escolher bem. Disponível em: <https://www.metropoles.com/colunas-blogs/e-ducacao/curso-de-idiomas-escola-bilingue-ou-internacional-saiba-escolher-bem>. Acesso em: 23 de outubro de 2019.

GILMOUR, S. Five essential tips for teaching very young children English. Voices Magazine, British Council, 2016. Disponível em: https://www.britishcouncil.org/voices-magazine/five-essential-tips-teaching-very-young-children-english

KRASHEN, S. D. Second Language Acquisition and Second Language Learning. University of Southern California. Pergamon Press Inc, 1981.

LIGHTBOWN, P. M.; SPADA, N. How languages are learned. Oxford: University Press, 4th edition, 2013.

OLIVEIRA, A. T.; SÁ, I. R.; SANTOS, F. N.; SOARES, F. M. G. C. As expectativas da família para com a escola: uma análise a partir dos depoimentos de pais e responsáveis pelas crianças estudantes de duas escolas públicas de Mossoró - RN. Resumo de comunicação livre: 64ª reunião anual da SBPC, 2012. Disponível em: http://www.sbpcnet.org.br/livro/64ra/resumos/resumos/6947.htm

PEREIRA, A. C. S.; PERES, M. R. A criança e a língua estrangeira: contribuições psicopedagógicas para o processo de ensino e aprendizagem. Constr. psicopedag. [online], vol 19 Nº 18, 2011, p. 38-64. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-69542011000100006

QUEENSLAND State. Why play is important. Early Childhood Education Care, 2015.

ROZEMBERG, E. Os fatores mais procurados pelos pais na hora da matrícula. Plataforma Educacional [online], blog Gestão Escolar, 2018. Disponível em: https://www.somospar.com.br/7-criterios-que-os-pais-analisam-para-definir-matricula-escolar/

SARAIVA, L. A.; WAGNER, A. A Relação Família-Escola sob a ótica de Professores e Pais de crianças que frequentam o Ensino Fundamental. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas, vol 21 Nº 81, out-dez, 2013, Rio de Janeiro: p. 739-772. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ensaio/a/mQHVP55HKZghCGcrrqv9qzC/abstract/?lang=pt

UR, P. A course in English language teaching. Cambridge: CUP, 2012.

VILLARROEL, D. How young children learn English through play. Voices Magazine, British Council, 2015. Disponível em: https://www.britishcouncil.org/voices-magazine/how-young-children-learn-english-through-play

VILKEVICIUS, B. D. S. A formação para a docência de língua inglesa no ensino fundamental I: constatação na prática. Trabalho de Conclusão de Curso. Curso de Licenciatura em Letras Português-Inglês, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, 2018.

Publicado
2021-12-23
Métricas
  • Visualizações do Artigo 137
  • EPUB downloads: 11
Como Citar
BRAWERMAN-ALBINI, A.; DA LUZ, A. P. M. O que os pais esperam sobre o aprendizado de inglês dos seus filhos?. Babel: Revista Eletrônica de Línguas e Literaturas Estrangeiras, v. 11, p. e11948, 23 dez. 2021.