Hacia una estética postcolonial

Autores

  • Jorge Martínez Ulloa Universidad de Chile

Resumo

O artigo apresenta um modelo de trabalho que pode ser utilizado como base conceitual para analisar e criticar experiências estéticas latinas e sudamericanas, mas não exclusivamente. O modelo é descrito como um modo de se aproximar da realidade real como sugestões diferentes, para enunciar a chamada Transmaterialidade, que é a forma como os objetos físicos podem ser parte de comunidades e sus especifica semiósis. Dicho permite considerar todos os modelos Estéticos em que os termos aproximam-se a uma Estética do modelo, o espaço donde a Transmaterialidad e as semiósses comunitárias podem ter consistência e produção de resultados satisfatórios para a reprodução e produção de objetos específicos das sociedades e comunidades. Finalmente, o modelo conclui apresentando uma tripartição: Texto, Contexto e Pretexto, que relaciona e explica diferentes estados de produção da semiósis estética em sociedades e comunidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jorge Martínez Ulloa , Universidad de Chile

Académico de la Universidad de Chile, Profesor Titular, Senador Universitario, Master en Musicología, Compositor Jorge: Director del Centro CIELA. Sus áreas de interés son los estudios postcoloniales, la estética y la antropología de las artes, la semiótica de la cultura y la composición musical.

Publicado

2022-12-30

Como Citar

ULLOA , J. M. . Hacia una estética postcolonial. Anãnsi: Revista de Filosofia, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 145–162, 2022. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/anansi/article/view/15683. Acesso em: 6 dez. 2023.