EU APRENDO, TU APRENDES, ELE APRENDE:EM BUSCA DE UMA PRÁTICA DOCENTE

Andréa Gabriel Francelino Rodrigues, Eulália Raquel Gusmão Carvalho Neto

Resumo


Neste artigo discutimos sobre o ofício docente na Educação de Jovens e Adultos(EJA). Partimos da análise qualitativa dos dados da pesquisa intitulada “Investigando a implementação do ensino médio integrado aos cursos técnicos de nível médio no CEFET– RN a partir de 2005: o curriculo e a gestão" do núcleo de pesquisa em Educação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, do qual referenciamos neste estudo. Tomamos como fundamento teórico os princípios da pedagogia crítica, com destaque para a dialogicidade nas relações que se estabele-cem entre educador e educando e para o entendimento de que a cultura é um elemento constitutivo das práticas educativas. Destacamos que o trabalho docente desenvol-vido na EJA não prioriza a construção do conhecimento e da cultura dos sujeitos da aprendizagem uma vez que as orientações metodológicas desenvolvidas pelos professores inviabilizam a formação de um ser histórico, autônomo e valorizado em sua cultura. Ressaltamos a importância de uma prática docente que considere o trabalho como princípio educativo como uma das categorias fundamentais para o ensino dos conteúdos específicos das disciplinas escolares. Consideramos que se encontra ausente nos cursos de formação inicial e continuada de professores uma política que contemple as especificidades inerentes ao trabalho com a EJA, sendo urgentes ações que se voltem para essa perspectiva.


Texto completo:

PDF

Referências


perspectivas multidisciplinares. Campinas: Papirus, 2005.

CARBONELL, Sônia. Educação estética para jovens e adultos. São Paulo: Cortez, 2010.

CHARTIER, Roger. A história cultural: entre práticas e representações. Lisboa: Difel, 1990.

COMENIUS, João Amós. Didática magna. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1975.

______. Pedagogia da autonomia. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2000.

GADOTTI, Moacir. Concepção dialética da educação: um estudo introdutório. São Paulo: Cortez, 2003.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE (IFRN).

Núcleo de Pesquisa em Educação (NUPED). Investigando a implementação do ensino médio integrado aos cursos técnicos de nível médio no CEFET–RN a partir de 2005: o currículo e a gestão. Natal: IFRN/NUPED, 2011. Disponível em:

Final_NUPED.pdf/view>. Acesso em: 7 out. 2011.

KUENZER, Acácia Zeneida (Org.). Ensino Médio: construindo uma proposta para os que vivem do trabalho. São Paulo: Cortez, 2009.

LENOIR, Yves. Didática e interdisciplinaridade; uma complementaridade necessária e incontornável. In: FAZENDA,

Ivani C. A (Org.) Didática e interdisciplinaridade. Campinas: Papirus, 1998. p. 45-75.

OLIVEIRA, Marta Kohl. Jovens e adultos como sujeitos de conhecimentos e aprendizagem. In: RIBEIRO, Vera Masagão. Educação de jovens e adultos: novos leitores, novas leituras. São Paulo: Mercado das Letras, 2005. p.15-43.

RUMMERT, Sonia Maria. Jovens e adultos trabalhadores e a escola: a riqueza de uma relação a construir. In: FRIGOTTO,

Gaudêncio; CIAVATTA, Maria (Org.). A experiência do trabalho e a educação básica. Rio de Janeiro: DP&A, 2005. p. 117-129.

PICONEZ, Stela C. Bertholo. Educação escolar de jovens e adultos. 9. ed. São Paulo: Papirus, 2010.

PIMENTA, Sema Garrido. Saberes pedagógicos e atividade docente (Org.). 3. ed. São Paulo: Cortez, 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2012.v21.n37.p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2358-0194

 Classificação Qualis CAPES:

 Educação - A2

  Indexadores:

       

      

   

      

 

  Localização dos Acessos:


 

  Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0