POR ENTRE ENCONTROS Escutas Profanas Tecidas em Rede num Contexto de Pandemia

Profane listening intertwined by primary school teachers in Salvador/Ba in a pandemic context

Resumo

O campo da formação continuada do/a professor/a foi o principal interesse do projeto de extensão, pesquisa e formação que deu origem a este artigo. Sabe-se que a/o professora/o em sua formação continuada caminha em buscas incessantes de refazer-se, de criar e ressignificar suas práticas, a partir das demandas socialmente constituídas e dos desejos que as/os movem. Porém, há inúmeras propostas de formação que não dão a ênfase necessária às condições de trabalho enfrentadas pelas/os professoras/res e negligenciam o complexo caráter formativo das práticas docentes na contemporaneidade. Assim, cabe uma reflexão sobre as reais possibilidades do ser e fazer docentes no atual contexto. Foi a partir desta problemática que delimitamos o nosso objeto de extensão, pesquisa e formação, contribuições da escuta profana na ressignificação do mal-estar docente, e definimos que convidaríamos professoras/res da educação básica da cidade de Salvador-Ba para serem sujeitas/os da pesquisa. O problema de partida pode ser assim enunciado: de que maneira a escuta profana, na formação de professoras/res, pode contribuir para ressignificações do mal-estar docente? O objetivo geral foi identificar e compreender as contribuições da escuta profana para elaborações subjetivas da prática e ressignificação do mal-estar docente. A metodologia foi delineada a partir da abordagem qualitativa e da adoção da etnopesquisa-formação e da pesquisa colaborativa como métodos de investigação. O detalhamento da dimensão técnica, que orientou a operacionalidade do projeto de pesquisa, foi uma construção coletiva e colaborativa realizada com as/os professoras/res envolvidas/os. Foram utilizados como dispositivos de construção de dados: o diário reflexivo; a roda de conversa e o ateliê lúdico, por abrirem espaços para utilização de linguagens artísticas que sensibilizam as/os participantes para o compartilhamento de experiências e para a escuta. Realizamos uma pesquisa implicada com nossos próprios modos de atuação docente, investigando nossos medos e impasses, os impasses da escola e os da educação, identificando mal-estares, construindo dispositivos de formação e de pesquisa, e (trans)formando-nos coletivamente. Superamos a participação das/os professoras/es do ensino básico como meros objetos de estudo e/ou receptores de conteúdos. A pesquisa-formação-extensão proposta foi construída pelos movimentos de cada uma/um das/os participantes, que produziram, autorizaram-se, protagonizaram as experiências compartilhadas entre nós e constituíram uma comunidade de pesquisa formativa mediada pelas tecnologias digitais em rede.

Palavras-chave: Formação de professor. Mal-estar docente. Escuta. Profanação. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Moema Ferreira Soares, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia

Possui graduação em Psicologia, com formação de psicólogo, pela Universidade Federal da Bahia, especializações em Psicopedagogia e Saúde Coletiva. É mestra em Educação, pela Universidade do Estado da Bahia, e doutora em Educação, pela Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia, com livro publicado intitulado DEMANDA DO DESEJO NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR. Professora efetiva do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), pesquisadora do Grupo de Pesquisa TransFormAção, da mesma instituição, e do Formacce em Aberto, da FACED/UFBA. Temas de pesquisa/interesse: formação de professor e prática docente; processos formativos, saberes e subjetividades contemporâneas. Possui experiências nas áreas: Psicologia Organizacional, Psicologia da Aprendizagem e do Desenvolvimento, Educação a distância.

Tereza Oliveira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia

Possui graduação em Curso de Ciências Sociais, pela Universidade Federal da Bahia (1985), Mestrado em Educação, pela Universidade Federal da Bahia (1999) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal da Bahia (2006). Professora efetiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA). Tem experiência na área de Educação Superior, atuando principalmente na graduação e pós-graduação. Ministra as disciplinas curriculares: pesquisa social; pesquisa em educação; Trabalho de Conclusão de Curso (TCC); Projeto de Intervenção; Iniciação Científica. Na área de pesquisa tem experiência em pesquisa qualitativa, mista e quantitativa. Temas de interesse e atuação investigativa: infância e educação/escola; processos simbólicos na educação, cidade e cultura, formação de professores. Atua em diversas bancas de mestrado, doutorado, especialização e graduação. Atualmente integra o grupo de pesquisa TransFormAção, voltado para a pesquisa e formação de professores, uma parceria entre o IFBA/Campus Salvador e a UNEB/campus salvador.

Leonardo Rangel, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia

Pós-Doutor em Cotidianos, Redes Educativas e Processos Culturais pelo ProPEd/UERJ. Licenciado em Ciências Sociais, Mestre e Doutor em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professor e pesquisador do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFBA). Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT/IFBA). Associado ao Mestrado Profissional em Educação (MPED/UFBA). Participa de projetos nas áreas dos processos formativos, currículo, educação, cuidado e cotidianos, junto aos Grupos de Pesquisa: Currículo e Formação, FORMACCE (PPGE/FACED/UFBA); Redes Educativas, fluxos culturais e trabalho docente: o caso do cinema, suas imagens e sons (ProPEd/UERJ); e TransFormAção (IFBA). Possui experiências nas áreas: Sociologia da Educação, Teoria Social, Etnografia da Educação e Educação Profissional.

Publicado
2022-01-14
Métricas
  • Visualizações do Artigo 28
  • PDF downloads: 24
Como Citar
Soares, M. F., de Oliveira, T. C., & dos Reis, L. R. (2022). POR ENTRE ENCONTROS Escutas Profanas Tecidas em Rede num Contexto de Pandemia : Profane listening intertwined by primary school teachers in Salvador/Ba in a pandemic context. Scientia: Revista Científica Multidisciplinar, 7(1), 93-112. Recuperado de https://revistas.uneb.br/index.php/scientia/article/view/13066