Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço 1,5 cm; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

Diretrizes para Autores

Categorias de trabalhos aceitos:

* Artigos originais: máximo de 25 páginas;

* Revisões de literatura (sistemática, integrativa, narrativa ou metanálise): máximo de 30 páginas;

*Relato de experiência: máximo de 14 páginas;

*Cartas ao editor: máximo de 02 páginas;

 

Sugerimos o uso das seguintes recomendações, de acordo com a categoria do manuscrito submetido:

CONSORTchecklist e fluxograma para ensaios controlados e randomizados;

STARDchecklist e fluxograma para estudos de acurácia diagnóstica;

MOOSEchecklist e fluxograma para metanálises e revisões sistemáticas de estudos observacionais;

PRISMAchecklist e fluxograma para revisões sistemáticas e metanálises;

STROBEchecklist para estudos observacionais em epidemiologia;

RATSchecklist para estudos qualitativos.

 

Artigos originais: são contribuições destinadas a divulgar resultados de pesquisa empírica inédita. Devem atender aos princípios de objetividade e clareza da questão norteadora.

Artigos de revisão: deverão ser categorizados como Narrativa, Integrativa, Sistemática ou Metanálise e explicitar Objetivo, Fonte de dados, Síntese dos dados (quantitativos ou qualitativos) e Conclusões (as conclusões e suas aplicações). Os procedimentos adotados e a delimitação do tema devem estar incluídos.

Relato de experiência: é um texto que descreve uma experiência que possa contribuir de forma relevante para sua área de atuação. Ele traz as motivações ou metodologias para as ações tomadas na situação e as considerações/impressões que a vivência trouxe àquele(a) que a viveu. O relato é feito de modo contextualizado, com objetividade e aporte teórico. Em outras palavras, não é uma narração emotiva e subjetiva, nem uma mera divagação pessoal e aleatória. É importante que seu relato não fique apenas no nível de descrever uma situação. Ele deve ir além e estabelecer ponderações e reflexões, embasadas na experiência relatada e no seu respectivo construto teórico. É esperado que tais experiências possam contribuir para outros pesquisadores da área, ampliando seu efeito como potencial exemplo para outros estudos e vivências.

Carta ao Editor: comunicação de matéria relevante ligada a “Práticas e Cuidado: Revista de Saúde Coletiva” ou comentário crítico de trabalhos publicados na mesma, quando será concedido o direito de contra argumentar aos autores. O manuscrito deve ter no máximo duas páginas.

 

Autoria: Será aceito o máximo de 08 autores por manuscrito. O texto não deve incluir qualquer informação que permita a identificação de autoria; os dados dos autores deverão ser informados apenas nos campos específicos do formulário de submissão.  Poderá ser incluído, após o tópico de conclusão do artigo, o item "Agradecimentos", caso seja necessário citar instituições e pessoas que colaboraram com o desenvolvimento do estudo, mas não preenchem os critérios de coautoria. Indicar acordo internacional.

 

Organização do manuscrito: Deve ser utilizado o editor de texto Word ou RTF, com fonte Arial ou Times New Roman 12 e espaçamento entrelinhas 1,5 cm. O número máximo de palavras deve respeitar os limites estabelecidos para cada categoria de trabalho definida acima (resumos e referências não são considerados nessa contagem). São aceitos manuscritos em português, espanhol e inglês.

 

Página de título: deve conter: título do artigo em português e inglês; nome completo dos autores, maior titulação e afiliação institucional; Declaração de Conflito de Interesse (caso não haja, escrever apenas “Nada a declarar.”; número de tabelas, imagens e figuras; Endereço postal e eletrônico para correspondência.

 

Resumo: Deve ser apresentado no mesmo arquivo que o corpo do artigo, estruturado nos tópicos: Objetivo; Método; Resultados; Conclusão. Os autores deverão apresentar o texto do resumo em português e inglês, e este não exceder o máximo de 250 palavras. Ao final, devem ser apresentados 3 a 5 palavras-chave, de acordo com Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) da Biblioteca Virtual de Saúde.

 

Corpo do artigo: Para os artigos originais ou revisões sistemáticas, deve-se seguir a estrutura: Introdução, Métodos, Resultados, Discussão e Conclusão, podendo ser estruturados na mesma sessão os resultados e discussão. Para os relatos de experiência, deve-se seguir a estrutura: Introdução, Relato (com o contexto da intervenção, público-alvo, descrição das ações, resultados alcançados, discussão, avanços e desafios) e Conclusão. Outras categorias de manuscritos (revisões narrativas, ensaios, resenhas e cartas ao editor) seguem os formatos de texto a elas apropriados.

 

Citações: As citações devem seguir o padrão numérico, com números arábicos sobrescritos. Ao final do texto, cada citação deve ser referenciada na mesma ordem em que aparece no texto.

Referências: As referências devem ser formatadas no Estilo Vancouver ou American Psychological Association (APA).

Tabelas, quadros e figuras: As figuras e tabelas devem ser inseridas no texto, não ao final do documento na forma de anexos, com numeração arábica consecutiva e breve título/legenda. No texto deve haver indicação do local de inserção de cada uma delas, que não devem exceder o número de 5.

Tabelas: Devem ser numeradas consecutivamente com algarismos arábicos, na ordem em que foram citadas no texto e receber um breve título (O que? Quem? Onde? Quando?). A linha de cabeçalho deverá ter traço superior e inferior apenas, e a última linha da tabela deverá ser limitada inferiormente com traço, enquanto o restante da tabela não deverá conter traços horizontais ou verticais. As notas explicativas devem ser colocadas no rodapé das tabelas e ser identificadas com números arábicos sobrescritos.

 

Figuras: As ilustrações (fotografias, desenhos, gráficos, etc.) devem ser citadas como Figuras e numeradas consecutivamente com algarismos arábicos, na ordem em que foram citadas no texto e apresentadas após as tabelas, caso existam. Devem conter título e legenda apresentados na parte inferior da figura. Só serão admitidas para publicação figuras suficientemente claras e com qualidade digital, preferentemente no formato vetorial. No formato JPEG, a resolução mínima deve ser de 300 dpi. Não se aceitam gráficos apresentados com as linhas de grade, e os elementos (barras, círculos) não podem apresentar volume (3-D). Se houver figura extraída de outro trabalho, previamente publicado, os autores devem solicitar autorização, por escrito, para sua reprodução e encaminhar para a revista.

 

Notas de rodapé: não são permitidas.

 

Ética na pesquisa com seres humanos: Os artigos com relatos de pesquisa envolvendo seres humanos devem assegurar o cumprimento da Resolução 466/2012. Quando se tratar de pesquisa em Ciências Humanas e Sociais cujos procedimentos metodológicos envolvam a utilização de dados diretamente obtidos com os participantes ou de informações identificáveis, a Resolução 510/2016 também deverá ser considerada. Manuscritos referentes a pesquisas que envolvam produção de dados com seres humanos deverá apresentar parecer de Comitê de Ética em Pesquisa liberando a execução da pesquisa.

 

Documentos suplementares: Parecer de Comitê de Ética em Pesquisa (quando couber), Carta de Apresentação, Declaração de Responsabilidade e Transferência de Direitos Autorais.

 

Os textos submetido passam por verificação em software antiplágio com o intuito de identicar possível presentaça de cópia sem o devido crédito.

 

Não há nenhuma taxa de processamento para submissão, avaliação e publicação a(o)(s) autor(a)(es) e permite livre acesso para leitura a todo o conteúdo publicado em suas edições.

Artigos (FLUXO CONTíNUO)

Política padrão de seção

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.