TERRITORIALIDADES MARCADAS POR GEO(BIO)TRAVESSIAS: NARRATIVAS (AUTO)BIOGRÁFICAS DE PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS ORIUNDOS DE CONTEXTOS RURAIS

  • Simone Santos de Oliveira
  • Elizeu Clementino de Souza

Resumo

O texto problematiza questões relacionadas aos percursos de vida e as trajetórias de formação de seis professores universitários, de formações iniciais diferentes, que viveram parte de suas vidas no espaço rural, estudaram em escolas multisseriadas, inseridas nos estados da Bahia e de Sergipe, na região nordeste do Brasil, migraram para os territórios urbanos para continuar seus processos formativos e tornaram-se professores universitários em algumas instituições de ensino superior no território baiano, cujas histórias revelam mobilidades e migrações, entre diferentes contextos rurais e urbanos. A intenção da pesquisa foi analisar trajetórias de mobilidades geográfica, social e cultural desses professores universitários, oriundos da roça, a partir das histórias narradas, bem como conhecer os percursos de escolarização e as trajetórias de formação dos professores e identificar nos percursos de vida e nas trajetórias de formação as estratégias utilizadas para chegar à universidade enquanto alunos e professores. A metodologia ancorou-se nos princípios teórico-metodológico da pesquisa (auto)biográfica, a partir dos dispositivos do memorial acadêmico e da entrevista narrativa como fontes da investigação. Neste texto específico, o objetivo é apresentar as ruralidades como constructos dos territórios da vida e da formação dos professores universitários oriundos de contextos rurais, cujas narrativas evocam memórias e descrevem histórias marcadas por singularidades que se constituem como geo(bio)travessias, entendidas como processos de mobilidades sociais, culturais e econômicas que envolvem a vida dos sujeitos, o que possibilitaram mudanças em suas vidas através do investimento pessoal, do incentivo familiar e das redes de relações construídas, sobretudo possibilitadas pelo acesso à educação e pelo modo como se reinventaram no decurso de suas vidas. Esses eventos biográficos proporcionaram aos sujeitos colaboradores da pesquisa o tornar-se professor mestre/doutor de instituições públicas de ensino superior localizada no território baiano.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Métricas
  • Visualizações do Artigo 215
  • PDF downloads: 232