A MEMÓRIA FOTOGRÁFICA DE HOLLYWOOD EM MADUREIRA: EDITANDO POSES E FLAGRANTES DA BAILARINA DO MORRO DA FAVELA NO CONTEXTO DA “POLÍTICA DA BOA VIZINHANÇA”

  • Sormani Silva

Resumo

O objetivo deste artigo é abordar o arquivo fotográfico como artefato de memória. A fotografia em questão, denominada como bailarina do Morro da Favela, foi produzida pela Divisão de Turismo do DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda) durante a passagem de Walt Disney pelo Brasil em agosto de 1941. A proposta de uma memória fotográfica, se articula num processo em que a percepção da imagem transita entre a noção de arte e testemunho dos acontecimentos. Ao mesmo tempo o artigo insere uma discussão sobre a emergência das escolas de samba no âmbito das relações culturais e, com isso, problematiza, através da imagem, as contradições da política de turismo no contexto da “Política da Boa Vizinhança”.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Métricas
  • Visualizações do Artigo 131
  • PDF downloads: 251