Corpo terra, sujeito feminino e resistência pós-colonial: estratégias de resistência na poesia de Maria Alexandre Dáskalos, Odete Semedo e Conceição Lima

  • Ruan Nunes UFRJ.

Resumo

Resumo: O presente trabalho tem como objetivo considerar estratégias de resistência presentes na escrita de três poetisas em contextos pós-coloniais. Partindo da discussão entre gênero e poesia, o trabalho considera alguns poemas de Maria Lexandre Dáskalos, Odete Semedo e Conceição Lima a fim de exemplificar preocupações com a posição da mulher dentro de sociedades pós-coloniais, especialmente ao se analisar as críticas destas poetisas ao cenário político de seus países de origem após o período de independência. Utilizando referenciais teóricos de Edward Said, Lucia Castello Branco, Ruth Silviano Brandão e Vera Queiroz, o trabalho aponta como as poetisas mencionadas se posicionam como sujeitos pós-coloniais que assumem as suas várias identidades, demonstrando como uma preocupação política se constrói também em suas escritas.

Palavras-Chave: Poesia pós-colonial; estratégias de resistência.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-04-09
Métricas
  • Visualizações do Artigo 166
  • PDF downloads: 287