Os múltiplos rastos da literatura, de textos e traduções, ou uma alegoria da violência: uma Argentina em pedaços

  • Cristina Rosa Santoro Universidade do Estado da Bahia, Pós-Crítica.

Resumo

Resumo: A arte e suas múltiplas expressões são testemunho dos sucessos e processos políticos e sociais acontecidos no mundo — e segundo o meu interesse, aqueles acontecidos em terras latino-americanas —, e perpassam toda a história do ser humano na terra. Observa-se assim que a literatura latino-americana não é indiferente à realidade histórica e social da qual emana. Percebe-se que nas últimas décadas estão se elaborando literariamente as distintas experiências da violência política vividas no continente a partir dos anos sessenta e setenta até hoje, e ao longo de toda a América Latina, desde o México até o Cone Sul. Impõe-se uma reflexão sobre o conhecimento das representações literárias das violências políticas no continente, e especificamente quanto à Argentina, sob o império das ditaduras, do horror.

Palavras-chave: literatura, linguagem, violência, representação, tradução.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-02-15
Métricas
  • Visualizações do Artigo 73
  • PDF downloads: 80