Uma experiência docente: reflexões sobre história da África e razões para desracializar o que nunca deveria ter sido racializado

  • Ivaldo Marciano de França Lima Universidade do Estado da Bahia - UNEB, DEDC II.
Palavras-chave: História da África, Ensino de História, África.

Resumo

O presente artigo objetiva discutir questões relacionadas com a forma como é compreendida a História do continente africano no Brasil, e de como esta necessita ser repensada, propondo a sua desracialização, bem como o estabelecimento de fronteiras entre o que é África e Brasil. A discussão em questão foi pautada na análise das ementas das disciplinas do eixo África, do curso de licenciatura em História do campus II da Universidade do Estado da Bahia, tomando como parâmetro uma concepção diversa da que se encontra presente em parte significativa dos docentes que lidam com a história do continente africano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivaldo Marciano de França Lima, Universidade do Estado da Bahia - UNEB, DEDC II.
Prof. Adjunto da UNEB, DEDC II. Coordenador do Programa de Pós Graduação em Estudos Africanos e Representações da África.
Seção
Artigos