Imigrantes senegaleses no Brasil e direitos humanos: vivências e oralidade

  • Thaís Janaina Wenczenovicz Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS)
Palavras-chave: Direitos humanos, Imigrantes senegaleses, Oralidade

Resumo

 

O devido artigo trata da integração dos Imigrantes Senegaleses junto à sociedade brasileira – mais especificamente na região norte do Rio Grande do Sul (Brasil) - tendo em vista sua relação junto as dimensões materiais e concepções das diretrizes dos Direitos Humanos. Nesse sentido, pretende-se demonstrar em que medida as políticas de imigração ameaçam a manutenção dos Direitos Humanos de indivíduos provenientes de países com histórico de dependência e intransigência aos Direitos Fundamentais Civis e Sociais em seu país de origem. Tal condição corrobora na análise entre as políticas de integração e negação aos Direitos Humanos. Ao longo dos últimos vinte anos, o Brasil adotou uma série de novas políticas voltadas à gestão dos movimentos transfronteiriços e aos imigrantes no Brasil, políticas estas que respondem não somente ao ativismo dos migrantes e seus aliados, mas também à estratégia  da política externa brasileira.

 

Biografia do Autor

Thaís Janaina Wenczenovicz, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS)
Docente Adjunta na Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS)
Publicado
2017-10-08
Seção
Artigos