Muito Mais a Aprender com os Índios que Pretensamente lhes Ensinar: Lições Político-Pedagógicas Vivenciadas com Professores Indígenas da Bahia, Brasil

Paulo Alfredo Martins Rocha, Aissa Cavalcante Lisboa

Resumo


Este artigo aborda vivências político-pedagógicas protagonizadas com povos indígenas da Bahia, das Etnias Pataxó, Pataxó Hã Hã Hãe, Tupinambá, Kiriri, Kaimbé, Pankararé, Xucuru Kariri, Kantaruré, Tuxá e Tumbalalá. Essencialmente, constitui-se de relatos de experiências desenvolvidas no âmbito do trabalho docente realizado com professores indígenas em processo de formação continuada em estudos de nível superior. São apresentadas noções introdutórias sobre a Licenciatura Intercultural em Educação Escolar Indígena – LICEEI e sobre o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência para a Diversidade – Pibid Diversidade em suas concepções e finalidades. De modo específico, o texto aborda ainda a emergência da Pedagogia Indígena, suas especificidades e desafios na viabilização de uma educação diferenciada, descolonizada e não adaptada aos padrões euro centristas. Apresenta concepções em constructo a exemplo do ecoamento pedagógico, do laboratório de práticas pedagógicas inovadoras – LAPPEDDI, da autoavaliação formativa assistida, do projeto político pedagógico da escola indígena – PPPEI. Reflete a formação do professor para atuação no contexto da Educação Escolar Indígena - EEI, seu protagonismo autoral e suas demandas formativas. E por fim, expõe em linhas gerais, as bases conceituais e metodológicas do subprojeto “Ressignificando a Práxis Pedagógica Indígena” apontando os primeiros resultados dele derivados.


Palavras-chave


Educação Indígena; Interculturalidade; Formação de professores; Inovação pedagógica

Texto completo:

PDF

Referências


ANASTASIOU, Lea das G. Processos de Ensinagem na Universidade. PR: UFPR. 2005.

ASMANN, Hugo. Reencantar a Educação: Rumo à sociedade aprendente. Petrópolis: Vozes, 2002.

BRASIL, CNE/CEB 13/2012 - Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Escolar Indígena na Educação Básica. Brasília: CNE, 2012.

____, Ministério da Educação. Referencial curricular nacional para as escolas indígenas. Brasília: MEC, p. 55-90, 1998.

BRASIL, MEC. Referenciais para formação de professores indígenas / Secretaria de Educação Fundamental – Brasília: MEC; SEF, 2002.

____. Decreto nº 7.219, de 24 de junho de 2010. Dispõe sobre o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID e dá outras providências. Diário Oficial da União, n. 120, seção 1, p. 4-5, 2010.

D’ANGELIS, Wilmar. Aprisionando sonhos: a educação escolar indígena no Brasil. Campinas, SP: Curt Nimuendajú, 2012.

____, Wilmar da Rocha. Educação Escolar Indígena? A Gente Precisa Ver. In MOTA, Clarice (Org.). Cultura Indígena. Rio de Janeiro: 2010.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: os saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2010.

GOMES, Ana Maria Rabelo; SILVA, Rogério Correia da; DINIZ, Levindo. Infância indígena, globalização: uma análise a partir das escolas indígenas em Minas Gerais. In: CASARO, Adir. Crianças Indígenas: diversidade Cultural, educação e representações sociais (Org.). Brasília: Líber Livro, 2011.

LOPES DA SILVA, Aracy e GRUPIONI, Benzi Donizete Luís (Org.). A Temática Indígena na Escola: novos subsídios para professores de 1o. e 2o. Graus. Brasília, MEC/MARI/UNESCO,1995.

MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo: Cortez, 2000.

NASCIMENTO, Adir Casaro. Escola Indígena: Palco das Diferenças. Campo Grande: UCDB, 2004.

ROCHA, Paulo Alfredo M. Rocha. Educação Holística: Desafio aos educadores e educadoras da nova era. Paulo Afonso: Editora Fonte Viva / UNEB, 2010.

SANTOS, Boaventura Souza. A Universidade no Séc. XXI: Para uma Reforma Democrática e Emancipatória da Universidade. Série Práxis e Docência Universitária. 3ª ed. São Paulo: Cortez Editora, 2004.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 4ª Ed. Rio de Janeiro: Vozes,

Povos, estudantes e professores indígenas ligados a LICEEI.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.