Transcendência mimética na poesia de santa Teresa e sóror Juana de La cruz

Débora Souza da Rosa

Resumo


Objetivase aqui um breve estudo comparativo entre as artes poéticas de Santa TeresaD’Ávila e de Sóror Juana Inés de la Cruz. Buscase, assim, compreender como as duas autoras, ambas freiras, souberam subverter, através de uma escrita mimética, o discurso falocêntrico de que tratam largamente as filósofas feministas Luce Irigaray, Hélène Cixous, Catherine Clément e Simone de Beauvoir, e lograr uma transcendência intelectual e espiritual nos difíceis tempos da Inquisição.


Palavraschave: Ordem falocêntrica. Santa Teresa D’Ávila. Juana Inés de la Cruz. Mimetismo. Transgressão.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Grau Zero - Revista de Crítica Cultural
(Organizada pelo PÓS-CRÍTICA)

Publicação Semestral

ISSN 2318-7085

 

INDEXADORES

 

 

 


FOMENTO/FINANCIAMENTO