ANÁLISE DO LIVRO DIDÁTICO SOB A PERSPECTIVA DOS TEMAS TRANSVERSAIS E DA ESTATÍSTICA

Palavras-chave: Parâmetros Curriculares Nacionais. Temas Transversais. Estatística. Livro Didático.

Resumo

Este trabalho visa observar como os Temas Transversais são abordados no livro didático mais utilizado pelas escolas de Camaçari, na Bahia. Sabe-se que a educação passou por várias transformações ao longo da história da humanidade acompanhando teorias e concepções que se reformulam e se reinventam. No presente trabalho, um estudo é feito sobre a presença dos Temas Transversais, indicados pelos Parâmetros Curriculares Nacionais, no livro didático, especificamente, através da análise do conteúdo de Estatística que está presente na série do nono ano do ensino fundamental II. Como o livro didático refere-se aos Temas Transversais no conteúdo de Estatística? Esta pergunta surgiu durante experiências e discussões no curso de Matemática. A escolha do livro partiu de uma pesquisa feita para verificar quais eram as obras mais usadas nas escolas municipais. Descreve-se parte da história da Estatística e do livro didático, por causa da necessidade de se conhecer como surgiram cada um deles. Esse estudo não tem um olhar de criticidade sobre o PCN de Matemática e nem sobre o livro aqui pesquisado. Existe uma abordagem qualitativa e quantitativa para saber quais livros as escolas possuíam. Observa-se que nem todas as temáticas são retratadas no livro didático, e quando então presentes, estas podem ser percebidas em imagens, textos e nas questões de forma contextualizada. Observa-se a presença dos Temas Transversais: Saúde, Trabalho, Consumo e Meio Ambiente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jarbas Cordeiro Sampaio, Instituto Federal de Sergipe/Departamento de Ciências Exatas/Lagarto/Sergipe/Brasil

Licenciatura em Física pela Universidade Estadual de Feira de Santana. Mestrado em Física, pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” e Doutorado em Física pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Professor de Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe em Lagarto - SE.

Elvis Gomes Côrtes, Colégio Estadual Américo Simas

Licenciatura em Matemática pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia. Professor de Matemática do Colégio Vértice e do Colégio Estadual Américo Simas em Lauro de Freitas - BA.

Referências

ALVES, A. Livro didático de Matemática: Uma abordagem histórica (1943 – 1995). 2005. 178 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Faculdade de Educação. Universidade Federal de Pelotas.

ANDRINI, A.; VASCONCELLOS, M.J. Praticando Matemática. 3.ed. São Paulo: Editora do Brasil, 2012. (Coleção Praticando Matemática).

ARAÚJO, U.F. Temas transversais, pedagogia de projetos e as mudanças na educação. São Paulo: Summus editorial, 2014.

BAIRRO, C.; Colaço de. Livro didático: um olhar nas entrelinhas de sua história. Em: VIII SEMINÁRIO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS: HISTÓRIA, SOCIEDADE E EDUCAÇÃO NO BRASIL, 9, 2009, Campinas. Anais Eletrônicos... Campinas: UNICAMP, 2009. p.1-19. Disponível em: <http://www.histedbr.fe.unicamp.br/acer_histedbr/seminario/seminario8/trabalhos.html> Acesso em: 24 abr. 2017.

BELO, André. História & Livro e Leitura. Belo Horizonte: Autêntica, 2002. In: ALVES, A. Livro didático de Matemática: Uma abordagem histórica (1943 – 1995). 2005. 178 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Faculdade de Educação. Universidade Federal de Pelotas.

BRANDÃO, C.R.; O que é educação? São Paulo: Brasiliense, 2007.

BRASIL, Ministério da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais. Brasília: MEC/SEF, 1998.

_____., Lei de Diretrizes e B. Lei nº 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996.

CINTRA, M.A.M.U. Educação ambiental: a sabedoria da preservação nas lendas, coletânea de lendas da Bahia e de Sergipe. Salvador: Grupo Ambientalista da Bahia. Chesf, 2002.

COSTA NETO, P.L.O.; Estatística. 2ª Edição. São Paulo: Editora Blucher, 2002.

DANTE, L.R. Projeto Teláris: matemática: ensino fundamental 2. 2. Ed. São Paulo: Ática, 2015.

DUARTE, P.C.X. Caracterizando os temas transversais e incentivando sua utilização nas aulas de matemática. Revista Nucleus, v.8, n.2, 2011. Disponível em: <http://www.nucleus.feituverava.com.br/index.php/nucleus/article/view/616> Acesso em 20/6/2017.

LOPES, C.E.; O ensino da estatística e da probabilidade na educação básica e formação dos professores. Cad. Cedes, Campinas, vol. 28, n.74, p. 57-73, jan./abr. 2008. Disponível em http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em 10 jun. 2018.

MEDEIROS, C.A. Estatística aplicada à educação. Brasília: Universidade de Brasília, 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/profunc/estatistica.pdf. Acesso em 15 mai. 2017.

MORAES, Rubens Borba de. Livros e bibliotecas no Brasil colonial. 2.ed. Brasília: Briquet de Lemos, 2006. In: ROSA, FGMG. Os primórdios da inserção do livro no Brasil. In PORTO, CM., org. Difusão e cultura científica: alguns recortes [online]. Salvador: EDUFBAA, 2009. p. 75-92. ISBN 978-85-2320-912-4. Available from SciELO Books <http://books.scielo.org>.

MUNAKATA, Kazumi. Livro didático como indício da cultura escolar. Hist. Educ. [online]. 2016, vol.20, n.20, pp.119-138. ISSN 1414-3518. <http://dx.doi.org/10.1590/2236/24037>.

OLIVEIRA, M.A. Probabilidade e Estatística: Um curso introdutório. Brasília: Editora IFB, 2011.

PORTAL DO MEC, PNLD, Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/pnld/apresentacao> Acesso em: 4 mai. 2017

ROSA, FGMG. Os primórdios da inserção do livro no Brasil. In PORTO, CM., org. Difusão e cultura científica: alguns recortes [online]. Salvador: EDUFBAA, 2009. p. 75-92. ISBN 978-85-2320-912-4. Available from SciELO Books <http://books.scielo.org>.

SCHNEIDER, J.C.; ANDREIS, R.F; Contribuições do ensino de estatística na formação cidadã do auno da educação básica. Disponível em: <http://www.uniedu.sed.sc.gov.br/wp-content/uploads/2014/04/juliana_schneider.pdf > Acesso em: 24 jun. 2017.

SOUZA, J.R.; PATARO, P.R.M. Vontade do saber. 3.ed. São Paulo: FTD, 2015

THEODORO, F.R.F. O uso da matemática para a educação financeira a partir do ensino fundamental, 2008. Disponível em: < http://www.educacaofinanceira.com.br/tcc/tccflaviotaubate.PDF> Acesso em: 25 jun. 2017.

Publicado
2020-05-16