EDUCAÇÃO EM CONTEXTOS DE IMIGRAÇÃO:

EXPERIÊNCIAS NO ENSINO E MANUTENÇÃO DO PLH

  • Felicia Jennings-Winterle Brasil em Mente https://orcid.org/0000-0002-7300-7487
  • Natalia Silva Coimbra de Sá Universidade do Estado da Bahia/Departamento de Ciências Humanas/Salvador/Bahia/Brasil

Resumo

Certas áreas de pensamento são indicadoras do complexo sócio-histórico-cultural que as incorpora. Pensar a educação, por exemplo, impõe atravessar potentes fragmentos da ideologia corrente. Construtos multidisciplinares discutem a pluralidade do já não tão específico lugar da educação, particularmente em contextos de imigração, por meio do ensino e manutenção de uma língua de herança. O propósito desse artigo é evidenciar um importante deslocamento na educação contemporânea decorrente das migrações contemporâneas, que ressignifica conceitos e identidades a fim de oportunizar essa transmissão cultural. Nessa contribuição, deter-se-á no ensino do Português como Língua de Herança (PLH), uma língua minoritária presente em contextos de imigração. A metodologia utilizada consiste em pesquisa qualitativa e quantitativa, a partir de revisão de literatura e documentos que versam sobre a temática proposta. Assim como a partir do desenvolvimento de estudo longitudinal-latitudinal que vem sendo realizado desde 2013, conduzido pelo grupo de estudo vinculado à organização não-governamental internacional Brasil em Mente (Plurall) com sede na cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos. Através de entrevistas e questionários, são mapeadas diversas iniciativas e programas de ensino do Português como Língua de Herança, realizados cursos de formação, eventos anuais sobre o ensino, a promoção e a difusão do PLH no mundo, desenvolvidas pesquisas sistemáticas com publicação dos resultados em formato de artigos e livros, realização de palestras, acompanhamento de educadores e do desenvolvimento de seus projetos em diversos países. Como resultado, observa-se que decorrente e concomitante às migrações contemporâneas e à globalização, são inevitáveis a hibridização e a consequente pluralidade de culturas e identidades de imigrantes e transientes. O ensino e desenvolvimento de uma língua de herança representa uma das facetas desse cenário: uma forma de adição e possível garantia de pluralidade entre os indivíduos. Assim como, destaca-se a importância da sua valorização como um modo de difusão e manutenção da cultura brasileira através de fronteiras e gerações.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2022-05-06
Métricas
  • Visualizações do Artigo 33
  • PDF downloads: 21
Como Citar
Jennings-Winterle, F., & Sá, N. S. C. de. (2022). EDUCAÇÃO EM CONTEXTOS DE IMIGRAÇÃO: : EXPERIÊNCIAS NO ENSINO E MANUTENÇÃO DO PLH. Scientia: Revista Científica Multidisciplinar, 7(2), 26-44. Recuperado de https://revistas.uneb.br/index.php/scientia/article/view/13620