COMPAIXÃO EM TEMPOS DE PANDEMIA DE COVID-19

Palavras-chave: Equipe de Assistência ao Paciente, Fadiga por Compaixão, Enfermagem de Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida

Resumo

Objetivo: Refletir sobre a compaixão em tempos de pandemia de COVID-19. Métodos: Estudo do tipo revisão narrativa tendo como base a estrutura de um ensaio teórico reflexivo que visa contribuir com discussões sobre a compaixão e sobre como ela vem sendo manifestada diante do atual cenário de pandemia. Resultados e discussão: A partir dessa reflexão foi possível observar que a pandemia de COVID-19 tem aflorado discussões acerca da importância da compaixão, a partir do momento em que os profissionais da saúde se sentem sensibilizados diante o sofrimento dos pacientes e do distanciamento destes dos seus familiares. Assim, espera-se com essa reflexão incentivar a prática de atitudes compassivas no meio social, nos ambientes de cuidados aos pacientes com COVID-19, e reforçar sua importância como qualidade altruísta dos profissionais da saúde, com enfoque para aqueles do campo da enfermagem, considerando sua presença constante nos cuidados aos pacientes hospitalizados e diagnosticados com COVID-19. Considerações finais: Conhecer, refletir e discutir a compaixão que deve ser uma prática diária diante de momentos tão difíceis que tem sido vivenciado, de modo a contribuir para que a sociedade e equipes de saúde demostrem toda sua sensibilidade compassiva consigo e com o outro, não somente durante a pandemia, mas para além dela.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rudval Souza da Silva, Professor no Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde da Universidade Federal da Bahia e Mestrado Profissional em Saúde Coletiva da Universidade do Estado da Bahia - Brasil

Doutor em Enfermagem pela Universidade Federal da Bahia. Líder do Grupo de Pesquisas sobre o Cuidado em Enfermagem.

Referências

Belasco AGS, Fonseca CD. Coronavírus 2020. Rev Bras Enferm. 2020;73(2):e2020n2. DOI: https://doi.org/10.1590/0034-7167-2020730201

Santana VR, Aquino TR, Brito BM, Almeida CC, Barreto LB. COVID-19: Telemonitoring as a proposal for education, care and coping in primary care. experience report. PC-RESC. 2021; 1(e9967):1-12. Disponível em: https://www.revistas.uneb.br/index.php/saudecoletiva/article/view/9967/7711

Neto FRGX, Araújo CRC, Silva RCC, Aguiar MR, Sousa LA, Serafim TF, et al. Coordenação do cuidado, vigilância e monitoramento de casos da COVID-19 na atenção primária à saúde. Enferm. Foco 2020;11(1)Especial:239-245.

Brown B, Crawford P, Gilbert P, Gilbert J, Gale C. Practical compassions: repertoires of practice and compassion talk in acute mental healthcare. Sociology of Health & Illness. 2014; 36(3): 383-399. DOI:10.1111/1467-9566.12065

Bardin L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70; 2016.

Sinclair S, Beamer K, Hack TF, McClement S, Bouchaul SR, Chochinov HM, et al. Sympathy, empathy, and compassion: A grounded theory study of palliative care patients’ understandings, experiences, and preferences. Palliative Med. 2017; 31(5):437-447. DOI: https://doi.org/10.1177/0269216316663499

Galea S. Compassion in a time of COVID-19. The art of medicine. The Lancet. 2020; 395(10241):1897-1898. DOI: https://doi.org/10.1016/S0140-6736(20)31202-2

Barbosa DJ, Gomes MP, Souza FBA, Gomes AMT. Fatores de estresse nos profissionais de enfermagem no combate à pandemia da COVID-19: síntese de evidências. Com. Ciências Saúde 2020;31 Suppl 1:31-47. DOI: https://doi.org/10.51723/ccs.v31iSuppl%201.651

Silva, MCQS, Vilela ABA, Boery RNSO, Silva RS. O processo de morrer e morte de pacientes com COVID-19: uma reflexão à luz da espiritualidade. Cogitare enferm. 2020; 25. DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v25i0.73571.

Paixão GPN, Silva RS, Carneiro FNN, Lisbôa LNT. A pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2) e suas repercussões na estigmatização e o preconceito. Rev baiana enferm. 2021;35:e36986. DOI 10.18471/rbe.v35.36986

Downing J. Palliative Care: Celebrating Nurses Contributions. Report by ICPCN, WHPCA, IAHPC. Bristol: ICPCN 2021.

Sharpe TS. Você não vai morrer sozinho: tecnologia e compaixão na pandemia COVID-19. Enferm. Foco 2020;11(Esp 2):52-54. DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2020.v11.n2.ESP.3707

Neville TH. COVID-19: A Time for Creative Compassion. Journal of Palliative Medicine. Ed. Mary Ann Liebert. 2020; 23(7). DOI: https://doi.org/10.1089/jpm.2020.0242

Kentish-Barnes N, Degos P, Viau C, Pochard F, Azoulay E. “It was a nightmare until I saw my wife”: the importance of family presence for patients with COVID-19 hospitalized in the ICU. Intensive Care Med. 2021; 47: 792-794. DOI: https://doi.org/10.1007/s00134-021-06411-4

Oliveira AC, Lucas TC, Iquiapaza RA. What has the COVID-19 pandemic taught us about adopting preventive measures? Texto & Contexto Enfermagem. 2020; 29:e20200106. DOI https://doi.org/10.1590/1980-265X-TCE-2020-0106

Cáceres-Rivera DI. Enfermería, pandemia y fatiga por compasión: una reflexión general sobre el 2020. Rev. cienc. cuidad. 2021;18(1):116-123. DOI: 10.22463/17949831.2674

Publicado
2022-03-30
Métricas
  • Visualizações do Artigo 128
  • PDF (English) downloads: 16
Como Citar
de Souza Batista, A. C., & Silva, R. S. da. (2022). COMPAIXÃO EM TEMPOS DE PANDEMIA DE COVID-19. Práticas E Cuidado: Revista De Saúde Coletiva, 3, e12360. Recuperado de https://revistas.uneb.br/index.php/saudecoletiva/article/view/12360
Seção
Revisão de Literatura

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##