A ESCRITA DE SINAIS COMO INSTRUMENTO DE DESENVOLVIMENTO LINGUÍSTICO E IDENTITÁRIO PARA O SURDO

  • Francyllayans Karla da Silva Fernandes
  • Edneia de Oliveira Alves
  • Marianne Rossi Stumpf

Resumo

Sendo a língua de sinais uma manifestação cultural e identitário do surdo e possuindo ela a modalidade sinalizada e escrita, essa última modalidade no sistema signwriting. A escrita é um importante instrumento de empoderamento e desenvolvimento cognitivo e linguístico do surdo. Assim, defendemos que sua alfabetização deva ser realizada em sua escrita de sinais por ser sua primeira língua, assegurando-lhe a aquisição linguística como um período significativo, sem rupturas ou adaptações de uma língua (visualespacial) para outra (oral), com a qual ele não possui identificação. O objetivo geral desse trabalho foi verificar a aprendizagem da escrita de sinais pelo surdo. A pesquisa de natureza qualitativa, de caráter exploratório e delineamento de estudo de caso. O campo de pesquisa foi uma escola pública estadual e os participantes foram 6 sujeitos surdos. Analisou-se os dados por meio da técnica da migrogenética. Os dados indicaram que o surdo aprende com facilidade a escrita de sinais e que esses sujeitos se identificam com essa escrita por ser visoespacial.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Métricas
  • Visualizações do Artigo 22
  • PDF downloads: 41