DE NARRADOR A NARRADOR: UMA ANÁLISE ACERCA DA ADAPTAÇÃO NARRATIVA EM JOHNNY GOT HIS GUN, DE DALTON TRUMBO

  • Paulo Henrique Raulino dos Santos
  • Charles Albuquerque Ponte

Resumo

A adaptação de livros para o cinema apresenta inúmeras dificuldades, em especial como modificar o narrador verbal da literatura para o principal narrador, visual, do cinema, a câmera. Assim, propomos o desenvolvimento de uma análise da adaptação cinematográfica do livro Johnny vai à guerra, roteirizado e dirigido pelo autor do romance, Dalton Trumbo, em 1971. Para tanto, nos embasaremos nos pressupostos teóricos de Hutcheon (2012), Stam (2006) e Xavier (2003), com os quais traçamos um panorama histórico e prático acerca da área, bem como Chatman (1990) e Pouillon (1974) para a análise do narrador no filme e no livro. Apesar da diferença estética, a adaptação cinematográfica conseguiu cumprir a tarefa de transmutar o narrador “com” presente no livro para o narrador câmera, utilizando-se de recursos como fotografia e construção de planos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Métricas
  • Visualizações do Artigo 494
  • PDF downloads: 395