GEORGES PEREC E A INTERMIDIALIDADE: A CRIAÇÃO LITERÁRIA A PARTIR DE IMAGENS

  • Tatiana Barbosa Cavalari

Resumo

O presente trabalho pretende refletir sobre as relações de intermidialidade na criação literária do escritor francês Georges Perec. Entre outros exemplos, a ilustração The art of living, de Saul Steinberg, inspirou um dos seus livros mais importantes, La vie mode d’emploi. O trabalho de parceria com fotógrafos, ilustradores, cineastas, resultou em novas experiências artísticas e, a partir de Barthes, podemos pensar na intermidialidade não mais como uma “redução do texto à imagem”, mas sim uma “amplificação de um em relação ao outro”. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Métricas
  • Visualizações do Artigo 381
  • PDF downloads: 408