Por uma abordagem compreensiva da reduplicação no Português do Brasil

  • Carlos Alexandre Gonçalves UFRJ/CNPq/Faperj
  • Luciana de Albuquerque Daltio Vialli IFRJ

Resumo

Neste texto, pretendemos mostrar que a reduplicação é um processo de formação de palavras de uso bem abrangente no português brasileiro. Observando em que situações o fenômeno se manifesta, procuramos diferenciar repetição de reduplicação, além de fornecer uma descrição adequada (formal e semântica) para cada padrão de reduplicação existente em português: (a) a composição V i V i ( ̳puxa-puxa‘, ―doce‖), (b) a sufixação intensiva ( ̳chororô‘, ―choro excessivo‖) e (c) a prefixação reduplicativa em nomes de parentesco ( ̳vovó‘), hipocorísticos ( ̳Dedé‘, a partir do antropônimo  ̳André‘) e na interação
pelo baby-talk ( ̳neneca‘, redução afetiva de  ̳boneca‘).


PALAVRAS-CHAVE: Morfologia; Formação de Palavras; Reduplicação; Afixação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-08-30
Métricas
  • Visualizações do Artigo 435
  • PDF downloads: 635