Cadernos negros: poéticas da resistência e a temática dos cabelos crespos em pixaim e afagos

Autores

  • Bárbara Maria de Jesus Oliveira
  • Maria Anória de Jesus Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.30620/p.i..v5i2.2168

Resumo

Os Cadernos Negros mantêm, desde 1978, publicações ininterruptas anuais, autofinanciadas pelos próprios escritores, os quais são responsáveis, também, pela divulgação dos mesmos. Tais textos trazem à cena as questões sociais e existenciais que afligem os personagens negros. A questão que se insurge é: até onde prevalece, de fato, a anunciada afirmação? Para responder a essa questão analisaremos os contos da autoria de Cristiane Sobral e Elizandra Souza. Partindo da pesquisa bibliográfica, nos pautaremos nos estudos de Florentina Souza (2008), Cuti (2010), Nilma Lino Gomes (2008), Stuart Hall(2003) e Homi Bhabha (2005), Neuza Santos Souza (1983), entre outros. Esperamos, por meio da presente pesquisa, ampliar as reflexões a respeito dessa literatura, ao contribuir para visibilizá-la mais, visto que se trata de produções marginalizadas nos espaços acadêmicos e pouco conhecidas na Educação Básica.


Palavras-chave: Literatura Brasileira. Cadernos Negros. Contos. Personagens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-03-30

Como Citar

OLIVEIRA, B. M. de J.; OLIVEIRA, M. A. de J. Cadernos negros: poéticas da resistência e a temática dos cabelos crespos em pixaim e afagos. Pontos de Interrogação – Revista de Crítica Cultural, Alagoinhas-BA: Laboratório de Edição Fábrica de Letras - UNEB, v. 5, n. 2, p. 99–111, 2016. DOI: 10.30620/p.i.v5i2.2168. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/pontosdeint/article/view/2168. Acesso em: 15 jun. 2024.