Imagens do sertão

capas e ilustrações nos livros de Paulo Dantas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30620/pdi.v12n2.p211

Palavras-chave:

Sertão, Imagens, Estereótipos, Literatura

Resumo

A partir das cenas visualizadas na III Feira Literária de Canudos em 2022, quando jovens leitores foram atraídos pelas atividades oferecidas, formulou-se a questão: como seduzir os jovens leitores, proporcionando prazer na leitura do objeto-livro, em um mundo onde imperam o audiovisual e a interatividade? A partir desse cenário, faz-se uma leitura das capas de obras do escritor sergipano Paulo Dantas (1922-2007), autor de O Capitão Jagunço (1987), Menino Jagunço (1986) e Purgatório (1971), que tematizam a Guerra de Canudos. Serão recortadas imagens do sertão, destacando a arte gráfica das capas de diversas edições, assim como o diálogo da literatura com o cinema e a literatura de cordel, perseguindo as imagens mais marcantes do sertão e do sertanejo, de modo a perceber os estereótipos produzidos e reforçados ao longo do tempo e de que modo influenciam as leituras.

[Recebido em: 20 nov. 2022 – Aceito em: 15 dez. 2022]

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edil Silva Costa, Universidade do Estado da Bahia - UNEB

Professora Titular Plena da Universidade do Estado da Bahia, Campus II. Doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC/São Paulo, atuando como professora permanente no Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural.

Referências

ALCOFORADO, Doralice F. Xavier; ALBÁN, Maria del Rosário Suaréz. Contos populares brasileiros: Bahia. Recife: Joaquim Nabuco, Massangana, 2001.

BARROS, Leandro Gomes de. Suspiros de um sertanejo. Juazeiro, [s. n.], 1975.

BATISTA, Sebastião Nunes. Poética Popular do Nordeste. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1982.

CALASANS, José. Canudos na Literatura de Cordel. São Paulo: Editora Ática, 1984.

CALMON, Pedro. História do Brasil na poesia do povo. Rio de Janeiro: Block Editores S/A, 1973.

CASCUDO, Luís Câmara. Dicionário do folclore brasileiro. [10. ed.] Rio de Janeiro: Ediouro, [1954. 1 ed.].

CASCUDO, Luís Câmara. Vaqueiros e cantadores. Belo Horizonte: Editora Itatiaia Ltda., 1984.

CASCUDO, Luis da Câmara. Literatura oral no Brasil. Belo Horizonte: Itatiaia; São Paulo: Edusp, 1984.

COELHO, Teixeira. Arte e utopia. São Paulo: Brasiliense, 1987.

CUNHA, Euclides. Os Sertões. Rio de Janeiro: Francisco Alves & Cia., 1914.

DANTAS, Paulo. Euclides, opus 66; balada heróica. São Paulo: Arquimedes Edições, 1965.

DANTAS, Paulo. O Capitão Jagunço. São Paulo: Editora Melhoramentos, [1959. 1 ed.] 1964 3. Ed.

DANTAS, Paulo. O Capitão Jagunço. São Paulo: Editora Melhoramentos, [1959. 1 ed.] 1964 3. Ed.

DANTAS, Paulo. O Menino-jagunço. São Paulo: Brasiliense, 1970.

DANTAS, Paulo. Purgatório. São Paulo: Clube do Livro, 1971.

ELIADE, Mircea. O sagrado e o profano. São Paulo: Martins Fontes.

FERREIRA, Jerusa Pires. Armadilhas da memória e outros ensaios. São Paulo: Ateliê, 2003.

FERREIRA, Jerusa Pires. Cavalaria em Cordel: o passo das águas mortas. São Paulo: Hucitec Ltda., 1983.

FERREIRA, Jerusa Pires. Cultura é memória. In: Revista USP. São Paulo: Edusp, n. 24, dez./fev., 1994/1995. pp. 14-20.

FRANCO JÚNIOR, Hilário. Cocanha; a história de um país imaginário. São Paulo: Cia das Letras, 1998.

GEERTZ, Clifford. O impacto do conceito de cultura sobre o conceito de Homem. In: A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: LTC Editora, 1989.

LAPLANTINE, François & TRINDADE, Liana. O que é imaginário. São Paulo: Brasiliense, 1997.

RAMOS, Graciliano. Vidas secas. Rio de Janeiro: Editora Record, 1999.

SZACKI, Jerzi. As utopias ou a felicidade imaginada. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1972.

TOMPSON, E. P. Costumes em comum. São Paulo: Cia das Letras, 1998.

ZUMTHOR, Paul. Introdução à poesia oral. São Paulo: Editora Hucitec, 1997.

______

FILME
Baile Perfumado. Direção: Paulo Caldas. Brasil: RioFilme, 1993.

Publicado

2023-02-07

Como Citar

COSTA, E. S. Imagens do sertão: capas e ilustrações nos livros de Paulo Dantas. Pontos de Interrogação – Revista de Crítica Cultural, Alagoinhas-BA: Laboratório de Edição Fábrica de Letras - UNEB, v. 12, n. 2, p. 211–225, 2023. DOI: 10.30620/pdi.v12n2.p211. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/pontosdeint/article/view/16408. Acesso em: 14 jun. 2024.