Trançando identificações: a poética de Conceição Evaristo entre os movimentos negro e feminista

Autores

  • Tatiana Sena

DOI:

https://doi.org/10.30620/p.i..v2i1.1544

Palavras-chave:

Conceição Evaristo, Movimento negro, Feminismo, Resistência

Resumo

Este artigo analisa como a escritora Conceição Evaristo articula, em sua produção poética e crítica, as identificações oriundas de sua militância nos movimentos negro e feminista, a fim de visibilizar o protagonismo das mulheres negras na formação do país. Elegendo como ponto de vista dissidente o local social do sujeito feminino negro, a autora opera uma releitura crítica da memória da escravidão, explicitando as estratégias de resistência das mulheres negras à história de objetivação e subalternização imposta pelo escravismo colonial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-09-27

Como Citar

SENA, T. Trançando identificações: a poética de Conceição Evaristo entre os movimentos negro e feminista. Pontos de Interrogação – Revista de Crítica Cultural, Alagoinhas-BA: Laboratório de Edição Fábrica de Letras - UNEB, v. 2, n. 1, p. 284–301, 2015. DOI: 10.30620/p.i.v2i1.1544. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/pontosdeint/article/view/1544. Acesso em: 14 jul. 2024.