DE AFETOS ROMÂNTICOS A PERFORMANCES NEONATURALISTAS: UMA REFLEXÃO SOBRE PRÁTICAS HOMOAFETIVAS NA LITERATURA DE LÍNGUA PORTUGUESA

  • Antonio de Pádua Dias da Silva

Resumo

A proposta do artigo foi refletir sobre como autores da chamada literatura gay desenvolvem estratégias linguísticas de escrita que expõem e problematizam desejos, tensões e conflitos culturais da população Lgbtqi+. A discussão se centrou na dinâmica dos afetos românticos e da linguagem obscena para tornar visível e crível o universo homoafetivo. Cinco obras literárias foram tomadas como corpus de leitura, duas portuguesas, duas brasileiras e uma alemã. Defende-se que a linguagem erótica é pertinente à expressão da intimidade das relações de afeto e sexo entre os personagens ou protagonistas dos textos tomados para análise.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-02-14
Métricas
  • Visualizações do Artigo 100
  • PDF downloads: 77