A EXPERIÊNCIA DO PROEJA: a visão dos múltiplos sujeitos envolvidos no programa do IFES - Campus Vitória

  • Edna Castro de Oliveira UFES
  • Edna Graça Scopel
  • Maria José de Resende Ferreira

Resumo

Os estudos que compartilhamos neste artigo apresentam as experiências de implementação do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Proeja) do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) campus Vitória. A metodologia utilizada foi a pesquisa-ação que tem como uma de suas características, o envolvimento do pesquisador num determinado contexto de realidade com vistas à intervenção. A base empírica dos dados apresentados é oriunda de diferentes fontes, dentre as quais destacamos: entrevistas, questionários, análise documental e as anotações dos diários de campo das pesquisadoras. Os resultados obtidos apontam muitos desafios ainda a serem enfrentados para a consolidação do Proeja no referido Campus. Depreendemos que a inserção dos educandos é considerada como um dos fatores mais importante do Programa, devido a oportunidade de elevação da escolarização aliada à profissionalização, o que vai possibilitar melhor inserção no trabalho. O preconceito em relação a esse público que se configurou em ações de discriminações ao longo da implantação do Programa, ainda hoje, é latente, revelam os dados produzidos. Outro problema apontado é o não compromisso de alguns docentes, ao desconsiderarem as especificidades do público da EJA em suas práticas pedagógicas, ignorando assim suas experiências de vida e de trabalho aliado ao desconhecimento dos princípios epistemológicos, pedagógicos, políticos e filosóficos que permeiam o Programa. Foi detectada também a articulação da equipe técnica-pedagógica, que por meio do trabalho coletivo, busca a garantia do acesso, da permanência e do sucesso escolar dos educandos do Proeja na Instituição. Os resultados obtidos contribuem para a busca de reconhecimento do Proeja como política institucional e, consequentemente, para a consolidação da EJA como campo específico de conhecimento e de direito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edna Castro de Oliveira, UFES
Professora do Centro de Educação da UFES. Coordenadora do Núcleo I do PPG/CE/UFES na Rede de Pesquisa UFG/Ufes/UnB do Programa Observatório da Educação (Obeduc/Capes).
Edna Graça Scopel
Doutoranda em Educação do PPGE/CE/UFES. Membro da Rede de Pesquisa UFG/UFES/UnB do Programa Observatório da Educação(Obeduc/Capes). Pedagoga do Proeja do Ifes campus Vitória.
Maria José de Resende Ferreira
Mestre em Educação (ISPETP/UFG). Membro da Rede de Pesquisa UFG/UFES/UnB do Programa Observatório da Educação (Obeduc/Capes).  Coordenadora do Proeja do Ifes campus Vitória
Publicado
2013-12-24
Métricas
  • Visualizações do Artigo 977
  • PDF downloads: 1142