A EXPERIÊNCIA DO PROEJA: a visão dos múltiplos sujeitos envolvidos no programa do IFES - Campus Vitória

Edna Castro de Oliveira, Edna Graça Scopel, Maria José de Resende Ferreira

Resumo


Os estudos que compartilhamos neste artigo apresentam as experiências de implementação do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Proeja) do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) campus Vitória. A metodologia utilizada foi a pesquisa-ação que tem como uma de suas características, o envolvimento do pesquisador num determinado contexto de realidade com vistas à intervenção. A base empírica dos dados apresentados é oriunda de diferentes fontes, dentre as quais destacamos: entrevistas, questionários, análise documental e as anotações dos diários de campo das pesquisadoras. Os resultados obtidos apontam muitos desafios ainda a serem enfrentados para a consolidação do Proeja no referido Campus. Depreendemos que a inserção dos educandos é considerada como um dos fatores mais importante do Programa, devido a oportunidade de elevação da escolarização aliada à profissionalização, o que vai possibilitar melhor inserção no trabalho. O preconceito em relação a esse público que se configurou em ações de discriminações ao longo da implantação do Programa, ainda hoje, é latente, revelam os dados produzidos. Outro problema apontado é o não compromisso de alguns docentes, ao desconsiderarem as especificidades do público da EJA em suas práticas pedagógicas, ignorando assim suas experiências de vida e de trabalho aliado ao desconhecimento dos princípios epistemológicos, pedagógicos, políticos e filosóficos que permeiam o Programa. Foi detectada também a articulação da equipe técnica-pedagógica, que por meio do trabalho coletivo, busca a garantia do acesso, da permanência e do sucesso escolar dos educandos do Proeja na Instituição. Os resultados obtidos contribuem para a busca de reconhecimento do Proeja como política institucional e, consequentemente, para a consolidação da EJA como campo específico de conhecimento e de direito.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Direitos autorais

ISSN 2317-6571

ESTA REVISTA ESTÁ INDEXADA EM:

DIADORIM, PORTAL SEER, Periódicos CAPESDOAJ, JournalTOCs, CREFAL - Recursos Especializados en EPJA, Latindex

 

QUALIS B1 em Ensino

QUALIS B2 em Educação

QUALIS B3 em Planejamento Urbano e Regional/Demografia

QUALIS B3 em Interdisciplinar

QUALIS B5 em Comunicação e Informação

A Revista Brasileira de Educação de Jovens e Adultos é uma publicação do Grupo de Pesquisa Cultura, Currículo e Políticas na Educação de Jovens e Adultos - CULT-EJA.

VISITANTES:  contador de acessos