“93 DIAS”: UMA ANÁLISE SOBRE A IMPORTÂNCIA DA CIÊNCIA E A VULNERABILIDADE DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE.

  • ANA FLÁVIA SANTOS DE SOUSA UNEB/DCHT XIX
Palavras-chave: ciência, doença, vulnerabilidade

Resumo

Este paper destina-se a avaliar a contribuição e os avanços da ciência em situações de emergência na saúde pública. A exemplo, do primeiro surto do vírus ebola na cidade de Lagos, na Nigéria, bem como no contexto do combate a pandemia do novo coronavírus no Brasil e no mundo. Isto é, demonstrar que possuir o auxílio da ciência é algo fundamental diante do caos que um país pode passar por conta do surgimento de uma doença desconhecida. Nesse sentido, com a realização de pesquisas é possível o desenvolvimento de estudos acerca de vacinas, medicamentos, testes para colocar em prática os resultados, iniciar os tratamentos dos pacientes contaminados e contar com o apoio da população sobre as medidas que devem ser adotadas como o distanciamento social, de modo a prevenir um alto índice de propagação da doença pelo território. Ademais, cabe ressaltar que é imprescindível dar visibilidade aos esforços dos profissionais de diversas áreas como os pesquisadores, médicos, biomédicos, que atuam em conjunto visando conceder respostas rápidas a sociedade. Assim como é necessário dar notoriedade a vulnerabilidade que perpassam estes trabalhadores nos locais de trabalho, tendo em vista que na maioria das vezes a ausência de infraestrutura para o desempenho de suas atividades laborais pode dificultar a celeridade do trabalho e colocar em risco esses agentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

ANA FLÁVIA SANTOS DE SOUSA, UNEB/DCHT XIX

Graduanda em Direito pela UNEB - Universidade do Estado da Bahia, cursando o 7° semestre. Já atuou/atua como estagiária .

Publicado
2020-09-12
Métricas
  • Visualizações do Artigo 1039
  • PDF downloads: 128
Seção
Sobre Filmes e Direito