BACURAU E AUSÊNCIA ESTATAL:REFLEXÕES SOBRE O DIREITO SOCIAL À SEGURANÇA PÚBLICA NO SERTÃO

  • ANA CAROLINA TEIXEIRA OLIVEIRA RUAS UNIFG/MESTRANDA
Palavras-chave: Direito e Cinema. Direitos Sociais. Segurança Pública

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo a análise do direito social à segurança pública sob uma óptica da ausência estatal no sertão brasileiro na obra cinematográfica Bacurau. O estudo insere-se no campo de pesquisa do Direito e Cinema, especificamente a análise da narrativa do filme de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles e sua representação do sertão.  Para tanto, o estudo irá abordar o direito social à segurança pública e suas possíveis problemáticas no contexto nacional. Analisará ainda, a ausência estatal em lugares mais remotos do sertão brasileiro como na narrativa fílmica e suas possíveis implicações na efetividade do direito social à segurança. O método utilizado foi o dedutivo e a pesquisa bibliográfica

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABRAMOVICH, Víctor; COURTIS, Christian. Los derechos sociales como derechos exigibles. Editorial Trotta, 2002.

AGUIAR, Rafael dos Reis. As variáveis geohistóricas como categorias úteis na compreensão de exclusões jurídicas. Revista de Direito da Faculdade Guanambi, v. 8, n. 01, p. e315, 20 maio 2021.

ARANGO, Rodolfo. Direitos fundamentais sociais, justiça constitucional e democracia. Revista do Ministério Público do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, n. 56, p. 89-103, 2005.

AUGÉ, Marc. Não lugares: introdução a uma antropologia da supermodernidade. Papirus Editora, 2017.

BACURAU. Direção de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. Brasil, França: Ancine, Arte France Cinéma, CNC, CinemaScópio, Globo Filmes, Globosat/Telecine, SBS, Síbio Filmes, 2019 (131 min.).

BAUMAN, Zygmunt. Comunidade: a busca por segurança no mundo atual. Tradução Plínio Dentzien. — Rio de Janeiro:Jorge Zahar Ed., 2003

BERNARDET, Jean-Claude. O que é cinema. Brasiliense, 2017.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília,DF:Senado Federal, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constitu icao/constituicao.htm. Acesso em: 25 jun.2021.

BRUNER, Jerome. Fabricando histórias: Direito, literatura, vida. (tradução Fernando Cássio). São Paulo: Letra e Voz, 2014.

CARVALHO, Vilobaldo Adelídio de; SILVA, Maria do Rosário de Fátima. Política de segurança pública no Brasil: avanços, limites e desafios. Revista Katálysis, v. 14, p. 59-67, 2011.

CHUEIRI, Vera Karam de e SILVA, Ana Cláudia Milani. Sobre a surpresa e o apocalipse em “Bacurau”. ANAMORPHOSIS-Revista Internacional de Direito e Literatura, v. 6, n. 2, p. 627-644, 2020.

CLÈVE, Clèmerson Merlin. A eficácia dos direitos fundamentais sociais. Revista Crítica Jurídica, v. 22, p. 17-29, 2003.

COURA, Alexandre de Casto; ZANOTTI, Bruno Taufner. “O doador de memórias” à luz da cultura positivista: por uma nova forma de ver e aprender direito. Revista de Direito da Faculdade Guanambi, v. 5, n. 1, p. 29-49, 2018.

DE OLIVEIRA, Windson Jeferson Mendes. Segurança Pública e Território. Perspectivas em Políticas Públicas, v. 10, n. 1, p. 203-223, 2017.

DE OLIVEIRA, Joaquim Humberto Coelho; GONÇALVES, Carla Ferreira. Direito e ficção científica: literatura e cinema no ensino jurídico. Cadernos de Direito UNIFESO, v. 1, n. 1, 2016.

FERES, Anaximandro Lourenço Azevedo e SANTOS, Anderson Avelino dos. A Literatura Desafia O Direito. Grande Sertão: Veredas – Uma Antecipação Do Problema Sócio-Político De Segurança Pública No Brasil. COMPDI. Disponível em: http://www.publicadireito.com.br/conpedi/manaus/arquivos/anais/bh/anaximandro_lurenco_azevedo_feres3.pdf. Acesso em: 23 jun.2021.

GUERRA, Sidney; CARNEIRO, Cláudio. Direitos sociais x orçamento público: possibilidades e limites–breve estudo comparativo de Brasil e Portugal. Revista Direitos Culturais, v. 15, n. 35, p. 311-338, 2020.

LUCCHESI, Erika Rubião; NASCIMENTO, Kerton e CAMPOS, Mariza Salomão Vinco de Oliveira. O combate à invisibilidade dos novos sujeitos de direitos. Revista Reflexão e Crítica do Direito, v. 1, n. 1, p. 126-146, 2013.

MARTINEZ, Renato de Oliveira. Direito e cinema no Brasil: perspectivas para um campo de estudo. Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas, Programa de Pós-Graduação em Direito, Florianópolis, 2015. Disponível em:https://repositorio.ufsc.br/xmlui/han dle/123456789/134923. Acesso em: 30 jun. 2021.

OLIVEIRA, Mara Regina de. Cinema e Filosofia do Direito em diálogo. São Paulo: Edição do Autor, 2015.

PEDRON, Flávio Quinaud; DUARTE NETO, João Carneiro. Transformações do entendimento do STF sobre o direito à saúde. Revista de Informação Legislativa: RIL, v. 55, n. 218, p. 99-112, 2018.

PEREIRA, Ibis Silva. Grande Sertão: Sem Veredas Considerações acerca da violência, a partir de uma leitura de Os Sertões, de Euclydes da Cunha. 2009. Disponível em: http://www.isprevista.rj.gov.br/download/rev20090003.pdf. Acesso em: 27 jun. 2021.

SARLET, Ingo Wolfgang. A eficácia do direito fundamental à segurança jurídica: dignidade da pessoa humana, direitos fundamentais e proibição de retrocesso social no direito constitucional brasileiro. Revista Eletrônica sobre Reforma do Estado. 2004. Disponível em: https://www.olibat.com.br/documentos/SARLET.pdf. Acesso em: 27 jun. 2021.

SARLET, Ingo Wolfgang. Os Direitos Sociais como Direitos Fundamentais: contributo para um balanço aos vinte anos da Constituição Federal de 1988. Revista do Instituto de Hermenêutica Jurídica, v. 20, p. 163-206, 2008.

SILVA, Andréia Paula da. O bildungsroman e a inexistência de um estado de direito no sertão rosiano de grande sertão: veredas. 2018. Disponível em: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/13070. Acesso em: 24 jun. 2021.

SOARES, Luiz Eduardo. Segurança pública: presente e futuro. Estudos avançados, v. 20, p. 91-106, 2006.

SUNSTEIN, Cass; HOLMES, Stephen; AIRES, Buenos. El costo de los derechos. Siglo XXI, Buenos Aires, 2011.

STARLING, Heloísa. Lembranças do Brasil. Rio de Janeiro: Revan, 1999.

TORRES, José Wanderson Lima; ROCHA, Wagner dos Santos. Crônica de uma resistência anunciada: os traços da distopia crítica em Bacurau, de Kléber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. Gragoatá, v. 26, n. 55, p. 718-748, 2021.

TRINDADE, André Karam. A remição pela leitura e o fantasma da Laranja Mecânica. In: Jacinto Nelson de Miranda Coutinho. (Org.). Direito e Psicanálise. Intersecções e interlocuções a partir de Laranja Mecânica, de Anthony Burgess. 1ed.Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2016.

ZANON, Camila Rossini Vidal; NETO, Mário Furlaneto. O direito fundamento social à segurança pública no meio eletrônico. Revista de Constitucionalização do Direito Brasileiro-RECONTO, v. 3, n. 1, p. 032, 2020.
Publicado
2022-09-06
Métricas
  • Visualizações do Artigo 110
  • PDF downloads: 46
Como Citar
TEIXEIRA OLIVEIRA RUAS, A. C. (2022). BACURAU E AUSÊNCIA ESTATAL:REFLEXÕES SOBRE O DIREITO SOCIAL À SEGURANÇA PÚBLICA NO SERTÃO . Revista Direito No Cinema, 3(2), 55 -66. Recuperado de https://revistas.uneb.br/index.php/direitonocinema/article/view/14128
Seção
Sobre Filmes e Direito