EDUCOMUNICAÇÃO E AÇÃO COMUNICATIVA NA FORMAÇÃO DO SUJEITO LEITOR

Enia dos Santos Costa, Rosângela da Luz Matos

Resumo


Este trabalho é parte da pesquisa de mestrado “A ação comunicativa como pressuposto da ação pedagógica na formação de estudantes da educação profissional” em desenvolvimento no Programa de Pós-Graduação em Gestão e Tecnologias Aplicadas à Educação – Mestrado Profissional (GESTEC). O tema aqui apresentado é a formação do sujeito leitor mediada pela intervenção pedagógica e comunicativa. Seu pressuposto assenta-se na teoria da mediação comunicativa de Jesús Martín-Barbero que visiona a comunicação como meio de apropriação da realidade e elaboração de discursos sobre si e sobre o mundo, através de mídias. A metodologia consiste numa revisão de literatura sobre formação do leitor jovem e educomunicação audiovisual. Por tratar-se de estudo em fase inicial ainda não há elementos conclusivos, mas espera-se que esta revisão de literatura permita a análise das pré-noções do objeto de estudo e a consequente delimitação das ações metodológicas que conduzam a criação de um núcleo de comunicação voltado para a formação do leitor jovem.


Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Elizeth da Costa et CAMARGO, Flávio Pereira. A prática social da leitura literária e a formação do sujeito leitor: desafios e perspectivas. v. 2, n. 3, 2008. Disponível em:

BOURDIEU, P. Introdução a uma Sociologia Reflexiva. In: . O poder Simbólico. Rio de 5.ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2002b. p.17-58.

CANCLINI, Néstor García. Culturas Híbridas: Estratégias para entrar e sair da modernidade. Trad. Heloísa Pezza Cintrão, Ana Regina Lessa. São Paulo: Editora Universidade de São Paulo, 2003. – (Ensaios Latino-americanos I)

________________. Consumidores e cidadãos: Conflitos multiculturais da globalização. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1995.

CITELLI, Adilson Odair & COSTA, Maria Cristina C. (orgs.). Educomunicação: construindo uma nova área de conhecimento. – São Paulo: Paulinas, 2011.

CITELLI, Adilson Odair. Comunicação e educação: a linguagem em movimento. São Paulo: Editora SENAC, 2000.

COSANI, Marciel et ROSA, Isabela. Mediação Tecnológica do Audiovisual Sob a Perspectiva da Educomunicação. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXXIX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – São Paulo - SP – 05 a 09/09/2016

GARCÍA, Francisco García et CARMONA, Rafael Marfil. Solidaridad y educación audiovisual. El caso de los clipmetrajes de la ONGD Manos Unidas como paradigma de las relaciones públicas comprometidas. Rev. Lasallista Investig. vol.12 no.2 Caldas July/Dec. 2015

HABERMAS, Jurgens. Communication and evolution of society. Trad.: Thomas MacCarty. Beacon Press. Boston, 1979. Disponível em: https://epdf.tips/communication-and-the-evolution-of-society.html

______________. The theory of communicative action. Lifeworld and system: a critique of functionalist reason. Vol. 2 Trad.: Thomas McCarthy.Beacon Press. Boston, 1987. Disponível em: https://uniteyouthdublin.files.wordpress.com/2015/01/4421-the_theory_of_communicative.pdf

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Desafios culturais da comunicação à educação. Revista Comunicação & Educação, n. 18, p.51-61, maio/ago, 2000.

______________. Dos meios as mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Trad. Ronald Polito e Sergio Alcides. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1997.

SOARES, Ismar de Oliveira. Gestão comunicativa e educação: caminhos da educomunicação. Revista Comunicação & Educação, n. 23, p. 16-25, 2002.

______________. Educomunicação: o conceito, o profissional, a aplicação: contribuições para a reforma do ensino médio. São Paulo: Paulinas, 2011. – (Coleção educomunicação).


Apontamentos

  • Não há apontamentos.