Chamada para contribuições Volume 7, nº. 1 - “Intermidialidade e literatura: as possibilidades da narrativa na contemporaneidade”.

REVISTA PONTOS DE INTERROGAÇÃO: REVISTA DE CRÍTICA CULTURAL

REVISTA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CRÍTICA CULTURAL DA UNEB

Vol 7, n° 1, jan.-jun. 2017

ISSN 2178-8952

 

NÚMERO TEMÁTICO:

Intermidialidade e literatura: as possibilidades da narrativa na contemporaneidade

 

Organizadores:

Dr. José Carlos Felix (Pós-Crítica/UNEB - Campus IV)

Dra. Mauren Pavão Przybylski (Pós-Crítica/UNEB – Campus II)

Dr. Álvaro Baquero Pecino (The City University of New York/College of Staten Island).

 

A comissão editorial da revista eletrônica Pontos de Interrogação, do Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural, do Campus II, da UNEB/Alagoinhas-Ba, comunica a todos que está recebendo, até o dia 15 de março de 2017, contribuições acadêmicas originais (artigos, resenhas e entrevistas), em português, inglês, francês ou espanhol, a serem publicadas no Volume 7, nº. 1, que será publicado em junho de 2017. O tema deste número é Intermidialidade e literatura: as possibilidades da narrativa na contemporaneidade.

 

EMENTA:

Manuel Castells (2005) afirma que a sociedade em rede é a estrutura social dominante do planeta, pois encontra-se em um fluxo contínuo, absorvendo pouco a pouco as outras formas de ser e existir. Do mesmo modo, Umberto Eco, em seu livro Obra Aberta (1969), reflete acerca desse fenômeno ao examinar, na sociedade contemporânea, desde as “estruturas que se movem até aquelas em que nós nos movemos”, e cuja consequência mais sintomática é uma pletora de “formas que apelam à mobilidade das perspectivas”. A partir disso, pode-se entender que a revolução tecnológica transformou profundamente o modo pelo qual os sujeitos se inscrevem no mundo. Enquanto a modernidade erigiu as bases de uma tradição literária estreitamente pautada no domínio da escrita, afastando-se assim de uma tradição de narrativa ora l de séculos, a sociedade e a cultura contemporânea são marcadas por uma tônica que confere à literatura uma gama de possibilidades, particularmente mediada pelo ambiente hipermidiático. Destarte, a produção literária, em constante diálogo com o cinema, a música, os quadrinhos e a internet, engendra um campo interdisciplinar que, ao ganhar legitimidade na atualidade, opera como um poderoso meio aberto a todas as formas e sujeitos outrora não inseridos em uma tradição literária canônica. Considerando estes fatores, e entendendo, aos moldes de Harvey (1992), que a fragmentação, a indeterminação e a intensa desconfiança de todos os discursos universais são o marco do pensamento pós-moderno, esta chama da Revista Pontos de Interrogação acolherá artigos e ensaios que discutam a produção li t erária em sua relação dialógica com outros campos inter e transdisciplinares.

 

PALAVRAS-CHAVE:  Literatura; Intermidialidade; Transdisciplinaridade; Tradição; Pós-Modernidade


Envio somente pelo sistema. Cadastra-se e acompanhe sua submissão.  

 

Clique aqui para conhercer as normas para contribuição.