Comunicação Comunitária no Sertão do São Francisco: entre a utopia e a seca

Ceres Santos

Resumo


Este artigo analisa dados da pesquisa de extensão Comunicação Comunitária de Juazeiro e Sertão do São Francisco, desenvolvida em 2008 e 2009, pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), para identificar as emissoras comunitárias localizadas nas cidades do Sertão do São Francisco - Campo Alegre de Lourdes, Canudos, Casa Nova, Curaçá, Juazeiro, Pilão Arcado, Remanso, Sento Sé, Sobradinho e Uauá. A pesquisa - a primeira desse território baiano - identificou, em operação, sete rádios comunitárias em Frequência Modulada (FM) e quatro no sistema de alto-falante. Informações, como tipos de programação e gestão, participação popular e captação de recursos, apontam para as utopias do fazer Comunicação Comunitária no Brasil diante de uma legislação em descompasso com a realidade desse jeito popular de fazer comunicação.


Texto completo:

PDF

Referências


Atlas Brasil. Disponível em: http://www.atlasbrasil.org.br/2013/. Acesso em 26 de março de 2014.

COMSERTOES. Revista de Comunicação e Cultura do Semiárido. UNEB, DCHIII, NUPE, EDUNEB, JuazeiroBA, Volume1, no 1, julhodezembro de 2013.

DUARTE, Edson. Liberdade de expressão das rádios comunitárias. Brasília: Gabinete do deputado federal Edson Duarte (PV/BA), 2004.

LORENZON, Adriane. Poder local no ar: municipalização das RadCom’s e fortalecimento de esferas públicas locais no Brasil. Brasília: Abravídeo, 2009.

LUZ, Dioclécio. Rádios Comunitárias: trilha apaixonada e bem-humorada do que é e de como fazer RadCom’s na intenção de mudar o mundo. 2. Ed. Brasília: Produção Independente, 2004.

MIANI, Rozinaldo Antonio. Os pressupostos teóricos da comunicação comunitária e sua condição de alternativa política ao monopólio midiático. Disponível em: http://www.seer.ufrgs.br/intexto/article/viewFile/16547/14492. Acesso em 02 de abril de 2014.

Ministério das Comunicações. Disponível em: http://www.mc.gov.br/radio-comunitaria. Acesso em 20 de julho de 2009.

NUNES, Vidal Márcia. As RadCom’s nas campanhas eleitorais: exercício da cidadania ou instrumentalização (1998-2000). Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsocp/n22/n22a06.pdf - Acesso em 01 abril de 2014.

____________. e ALMEIDA, Fernando F. de. (Org.). Mídia comunitária, liberdade de comunicação e desenvolvimento. In: Comunicação para cidadania. São Paulo: INTERCOM; Salvador: UNEB; 2003. p. 245 – 260.

PAIVA, Raquel. O retorno da Comunidade – os novos caminhos do social. Rio de Janeiro. Mauad X, 2007.

______________. A comunicação como projeto social. Disponível em: http://leccufrj.files.wordpress.com/2011/02/paiva_comunicacao-como-projeto-social.pdf. Acesso em 02 de abril de 2014

PERUZZO, Cicilia M. K. Comunicação nos movimentos populares: a participação da construção da cidadania. Editora Petrópolis: Vozes, 2004.

________________. Rádio comunitária, educomunicação e desenvolvimento local. Net, Rio de Janeiro, 2007. P. 69- 94. Disponível em: . Acesso em: 07 julho 2009.

_________. Comunicação Comunitária e Educação para a Cidadania. Disponível em: http://www.usp.br/nce/wcp/arq/textos/48.pdf. Acesso em 29 de março de 2014

TEIXEIRA, Elenaldo. O local e o global: limites e desafios da participação cidadã. São Paulo: Cortez; Recife: EQUIP; Salvador: UFBA, 2001.

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB). Relatório da pesquisa de extensão Comunicação Comunitária em Juazeiro e Sertão do São Francisco. DCH III, Juazeiro, 2014.

VOLPATO, Marcelo de Oliveira. A religião nas rádios comunitárias “Gospel FM” e “Jornal FM”. Disponível em: http://www.usp.br/alterjor/ojs/index.php/alterjor/article/view/aj1-a5/pdf_17. Acesso em: 29 de março de 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Universidade do Estado da Bahia - UNEB - Departamento de Ciências Humanas- Campus III
Rua Edgar Chastinet, s/n, São Geraldo - 48.905-680, Juazeiro - Bahia - Brasil