EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E FORMAÇÃO: algumas reflexões

Palavras-chave: Ciência Formação de Professor, Professoralidade

Resumo

O trabalho apresenta uma discussão introdutória de ciência como conhecimento público e justificado, produtor de teorias e não de verdades prontas e acabadas, e sua contribuição – junto à outras formas de produção de conhecimento – na formação de professores. Postula a importância da ciência como forma dominante de produção de conhecimento desde a modernidade, aponta algumas mudanças e desafios do conhecimento científico na contemporaneidade e a necessidade de ampliar o diálogo com as demais formas de produção de conhecimento envolvidas na professoralidade do professor, compreendida aqui como uma dimensão profissional multireferenciada na constituição do sujeito que, é também professor.

Biografia do Autor

Marcelo Faria, Universidade Estadual de Feira de Santana

Universidade Estadual de Feira de Santana. Doutorado em Educação (UFBA, 2012). Mestrado em Geografia (USP, 2001). Bacharel em Geografia (USP, 1991); Licenciado em Geografia (USP, 1992). Professor Adjunto do Departamento de Educação da Universidade Estadual de Feira de Santana. BA. ORCID 0000-0002-9793-8964. E-mail: marcelo.faria65@gmail.com

Giovana Crisina Zen, Universidade Federal da Bahia

Universidade Federal da Bahia. Doutorado em Educação (UFBA, ano) Mestrado em Educação (UNEB, ano) Pedagoga e Psicopedagoga (IES, ano). Professora Adjunta da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Mestrado Profissional em Educação, ambos da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia. ORCID 0000-0001-6405-9843. E-mail: giovanacrsitinazen@gmail.com

Publicado
2020-05-06
Seção
Estudos/Ensaios