PERFORMANCE OF FIXED INCOME FUNDS IN BRAZIL: MARKET-TIMING AND STYLE ANALYSIS

  • Mariana Aparecida Calabrez Oreng Doutoranda na Escola de Administração de Empresas de São Paulo - FGV/EAESP http://orcid.org/0000-0002-7266-6560
  • William Eid Junior Professor Titular em Finanças da FGV/EAESP
  • Claudia Emiko Yoshinaga FGV EAESP

Resumo

This study investigates whether managers of Fixed Income Brazilian funds exhibit market-timing abilities and what are the main components driving a fund’s return. Measuring timing ability of Fixed Income funds’ managers has a lot to do with their ability to anticipate interest rate movements. We also conduct a style analysis in order to check the main drives of return of these funds. We collected information on 338 Brazilian FI funds, and data goes from January 2003 to April 2016. Our results indicate that managers of FI funds in Brazil do not exhibit market-timing abilities, which is, they consistently underperform the market. Style analysis demonstrates that funds are well classified. We contribute to the literature by providing evidence on market timing abilities of Fixed Income fund managers. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Aparecida Calabrez Oreng, Doutoranda na Escola de Administração de Empresas de São Paulo - FGV/EAESP
Doutoranda em Administração com ênfase em Finanças pela FGV-EAESP. Seus temas de pesquisa incluem falências e renda fixa. Possui Mestrado em Finanças pela FGV-EAESP e graduação em Economia pela FGV-EESP. Trabalhou por dois anos com Pesquisa Econômica no Banco Itau BBA.
William Eid Junior, Professor Titular em Finanças da FGV/EAESP
Possui graduação em Administração de Empresas pelo Fundação Getulio Vargas - SP(1980), especialização em Administração Para Graduados pelo Fundação Getulio Vargas - SP(1981), mestrado em Administração de Empresas pelo Fundação Getulio Vargas - SP(1991), doutorado em Administração de Empresas pelo Fundação Getulio Vargas - SP(1995) e pós-doutorado pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP(2007). Atualmente é professor titular do Fundação Getulio Vargas - SP, do Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, Sócio Fundador da Sociedade Brasileira de Finanças, Revisor de periódico da Latin American Business Review (Binghamton), Membro de corpo editorial da Revista de Economia Política (Impresso), Revisor de periódico da Emerging Markets Review, Revisor de periódico da Revista Brasileira de Finanças, Membro de comitê assessor do Fundação Getulio Vargas e Coordenador do Centro de Estudos em Finanças da EAESP - FGV. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração de Empresas. 
Claudia Emiko Yoshinaga, FGV EAESP
É professora doutora na Fundação Getulio Vargas e professora pesquisadora da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado. É vice-coordenadora do Centro de Estudos em Finanças da EAESP-FGV. Organizadora dos Congressos Brasileiros de Economia e Finanças Comportamentais. Possui graduação em Administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP (2002), mestrado em Administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP (2004) e doutorado em Administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP (2009). Fez pós-doutorado na Columbia Business School, Columbia University em 2014-2015. Atua nas linhas de pesquisa de Finanças Comportamentais, Investimentos e Finanças Corporativas. É revisora dos seguintes periódicos: Management Research, International Journal of Emerging Markets, Revista de Contabilidade e Finanças (RCF), Revista de Administração de Empresas (RAE), Revista Brasileira de Gestão de Negócios (RBGN) e Gestão e Regionalidade (G&R). Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Finanças Corporativas, Investimentos e Finanças Comportamentais, atuando principalmente nos seguintes temas: finanças corporativas, finanças comportamentais, sentimento de mercado, apreçamento de ativos, governança corporativa e remuneração de executivos.

Referências

ADMATI, A.R.; BHATTACHARYA, P. P; ROSS, S. A. (1986) On timing and selectivity” The Journal of Finance, 41(3), pp. 715-730

BARBERIS, N.C., Schleifer, A. (2003) Style Investing. Journal of Financial Economics, 68, 161-199

BARROS, L.C., MELO, A.A.O. (2005) Market timing: um estudo empírico para Fundos de Pensão. XXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção.

BRITO, N.O. (2003) Avaliação de Desempenho e market timing: o Índice de habilidade. Revista Brasileira de Finanças, 1(1)

CHEN, Y.; FERSON, W.; PETERS, H. (2009) Measuring the timing ability and performance of bond mutual funds” NBER Working Paper Series

COGNEAU, P.; HÜBNER, G. (2009) The 101 ways to measure portfolio performance”. Working Paper no 200902/01. Ecole de Gestion de L’Université de Liège, HEC Management School.

DUARTE, A.M.J. (1996) Investment Performance Evaluation: Selectivity and Timing Analysis. Revista Brasileira de Mercado de Capitais, 2, pp. 49-61

GRINBLATT, M., TITMAN, S. (1989) Portfolio Performance Evaluation: Old Issues and New Insights. The Review of Financial Studies , 2(3), 393-421

LEUSIN, L.M.C.; BRITO, R. (2008) Market Timing e Avaliação de Desempenho dos Fundos Brasileiros” RAE, 48(2)

LUCAS, L., RIEPE, M.W. (1996) The Role of Returns-Based Style Analysis: Understanding, Implementing, and Interpreting the Technique. Morningstar Paper Series

MALAQUIAS, R.F., EID JUNIOR, W. (2013) Eficiência de Mercado e Desempenho de Fundos Multimercados. Revista Brasileira de Finanças, 11(1), 119-142

PIZZINGA, A., VEREDA, L., ATHERINO, R., FERNANDES, C. (2008) Semi-strong dynamic style analysis with time-varying selectivity measurement: Applications to Brazilian exchange-rate funds. Applied Stochastic Models in Business and Industry, 24, 3-12

SCHUTT, I., CALDEIRA, J. (2013) Análise de Estilo Dinâmica de Fundos Multimercados: Aplicação para o Mercado Brasileiro. XLI Encontro Nacional de Economia - Anpec

SECURATO, J.R., CHÁRA, A.N., SENGER, M.C.M. Análise do perfil dos fundos de renda fixa do mercado brasileiro. In III Semead, São Paulo, 1998

SHARPE, W.F. (1992) Asset Allocation: Management Style and Performance Measurement. Journal of Portfolio Management, 18(2), 7-19

ŠKRINJARIĆ, T. (2013) Market Timing Ability of mutual funds with tests applied on several croatin funds”. Croatian Operational Research Review (CRORR), 4

TREYNOR, J.L.; MAZUY, K. K. (1966) Can Mutual Funds Outguess the Market?” Harvard Business Review

VILELLA, P.A., LEAL, R.P.C. (2008) O desempenho de fundos de renda fixa e o índice de renda fixa de Mercado (IRFM). Revista de Administração de Empresas, 7(1)

YOSHINAGA, C., CASTRO JUNIOR, F., ODA, A. (2009) Análise de Estilo em Fundos Multimercados com e sem Alavancagem no Brasil. REGES - Revista Eletrônica de Gestão, Picos, 2(1), 9-21.

Publicado
2017-08-18
Métricas
  • Visualizações do Artigo 1235
  • ARTIGO (English) downloads: 693
Seção
Artigos